Bali tem sido, nos últimos anos, um destino muito discutido e procurado nas redes sociais e das ilhas mais visitadas do Sudeste asiático.

Pelas paisagens naturais, a simpatia do povo, os sabores deliciosos, as temperaturas e a cultura fascinante. Motivos não faltam e o facto de ser um local com um baixo custo de vida (para estrangeiros) faz com que muitos nómadas digitais escolham esta ilha indonésia como casa por longos períodos de tempo.

Se estás a pensar viajar para a Ásia (ou para outro destino mesmo), o nosso primeiro conselho é fazer um seguro de viagem adequado.

mulher de vestido vermelho e braços abertos contempla a floresta de bali

Bali, ilha dos deuses ou das multidões?

A questão que cada vez mais se debate é: ainda vale a pena visitar este paraíso hindu? A resposta pode ser um pau de dois bicos e é mais cinzenta que branca ou preta. Por isso, na IATI ajudamos-te a entender melhor as duas perspectivas e damos-te a conhecer os dois lados deste destino de forma a que possas tomar a decisão acertada para ti.

Turismo de massas

Tal como muitos dos destinos de praia espalhados pelo mundo, Bali sofre da concentração de turismo em massa principalmente nas zonas perto da costa e, neste caso, do aeroporto. É verdade que a confusão e o aglomerado de visitantes, hotéis e restaurantes é bastante elevado junto das praias.

praia de suluban em baliTambém é verdade que o turismo pode promover o desenvolvimento económico para as comunidades locais, contudo, quando praticado de forma irresponsável, pode condicionar a qualidade de vida e a cultura de um lugar. Ao concentrar todos os serviços no mesmo espaço geográfico e direcionar os produtos e serviços para os turistas, vamos contribuir para a desigualdade de oportunidades e apoio às diferentes localidades. Já pensaste que muitos ou a maior parte dos destinos à beira mar apresentam sempre várias semelhanças: restaurantes, lojas de lembranças, gelatarias, etc?

No caso de Bali, esta situação é visível principalmente nas zonas costeiras perto do aeroporto, devido ao seu fácil acesso. Surf, comida e bom tempo, como não adorar, verdade? Contudo existe muito mais em Bali para explorar e quanto mais afastados destes pontos mais contacto com a cultura local e a verdadeira essência da ilha dos deuses.

Onde ir para evitar as multidões?

varias pessoas rezam num templo hindu de baliA zona de Uluwato tem das mais bonitas praias da ilha e é o spot perfeito para quem quer experimentar aulas de surf sem ter um mar de gente. Para chegar a esta parte da ilha, podem alugar uma moto ou utilizar a app Grab (normalmente recomendamos os transportes públicos mas a oferta em Bali neste campo é quase nula).

O norte de Bali é uma ótima opção para quem não gosta de multidões, adora andar perdido na natureza e quer conhecer o lado menos turístico de Bali: desde florestas gigantes, a infinitas cascatas passando por lagoas gémeas e plantações de arroz. A distância dos centros turísticos faz com que possas aproveitar a gastronomia ao preço local e que vejas como é, realmente, o dia-a-dia das aldeias.

Ainda que seja bastante visitado e tenha algumas lojas comerciais, Ubud mantêm a sua essência, é conhecido por ser o coração da arte e cultura de Bali e a sua visita é altamente recomendada.

arrozais tipicos da zona de ubudOs edifícios típicos trabalhados são tão majestosos que facilmente se confunde um restaurante ou uma casa de família por um tempo. A vida é ligeiramente mais agitada que nas aldeias do interior da ilha, no entanto a tradição e cultura balinesa estão presentes e fortemente preservadas.

Em suma, tal como em tantos outros destinos turísticos e falados, o facto de um destino ser bastante popular não significa automaticamente que o devemos excluir da nossa lista.

Se realmente queremos visitar um sítio existem várias formas de contornar o turismo em massa:

  • Visitar durante a época baixa (das mais eficientes)
  • Ficar em guesthouses e homestays geridas por famílias locais em detrimento de grandes cadeias de hotéis
  • Comer em restaurantes locais
  • Evitar as horas de maior afluência em locais turísticos

azure beach uma das praias da regiao de amed

Estes são apenas algumas das formas alternativas para escapar ao turismo em massa e viajar de forma mais sustentável, se o tema da sustentabilidade te interessa, devias espreitar o que escrevemos aqui. Temos também um roteiro de 7 dias por Bali aqui no blog, para te ajudar a organizar a próxima viagem

Autora: Janete, Flearound

Relacionados