Hoje levamos-te até aos escondidos recantos da Patagónia Argentina e Chilena para te mostrarmos o melhor da América Latina. Se és um amante de desportos radicais, prepara-te para imagens alucinantes que te vão fazer crescer essa veia de aventureiro que tens para desbravar este continente. Quanto a nós, IATI, vamos estar por aqui para te acompanhar nesta aventura com o nosso Seguro Mochileiros ideal para este tipo de viagem.

Lugares imperdíveis na Patagónia

Entre os desertos, glaciares e bosques, hoje falamos-te de quatro lugares completamente imperdíveis da Patagónia. Preparado?

Conduzir pela Carretera Austral

carretera austral em cerro castillo

Carretera Austral é o nome dado à estrada chilena número 7. Esta estrada que liga Puerto Montt até Villa O’Higgins foi um projeto iniciado em 1976 e tinha como objetivo ligar por terra a Patagónia chilena ao resto do país sem passar pela Argentina.

Hoje, este projeto ainda não está 100% concluído mas a estrada de mais de 1000 quilómetros não precisa de ficar terminada para notarmos a beleza natural que tem; o ar puro que tem; e as paisagens apetecíveis que tem.

Entre os desportos mais comuns nesta zona estão o rafting, kayaking e trekking. Amantes destes deportes por aí?

Explorar os recantos de El Chalten

laguna torres na patagonia

A capital das caminhadas da Argentina é El Chalten e por aqui o melhor é mesmo gostar de desporto ao ar livre.

As duas caminhadas mais conhecidas e também aquelas que te recomendamos são: a caminhada pela Laguna de los Tres e a caminhada pela Laguna Torre.

A Laguna de los Tres é uma caminhada longa (mais ou menos um dia) onde é possível ver o Cerro Fitzroy. Aos mais corajosos, aconselhamos mesmo a pernoitarem no parque e a fazerem parte da caminhada pelas 4 horas para verem o nascer do sol que é um verdadeiro regalo aos olhos.

Quanto à caminhada da Laguna Torre, esta termina no Cerro Torre, uma colina um pouquinho mesmo majestosa que o Fitzroy mais ainda assim de uma beleza fenomenal.

Visitar o glaciar Perito Moreno

glaciar de perito moreno

Se só tiveres um dia para visitar a Patagónia argentina, reserva esse dia para o Perito Moreno. O parque nacional tem mais de 250 km2 de glaciares e aquilo que mais te aconselhamos a fazer é sentares-te num banco bem confortável e esperares pela queda das formações de gelo à frente dos teus olhos. Esta força da natureza é das mais belas e emblemáticas formas de nos demonstrar como o poder humano é realmente pequeno quando comparado com o poder da natureza. Outra forma de aproveitares o parque é fazeres um mini-trekking pelos glaciares, o que te permite um contacto ainda mais próximo com a natureza.

Curiosidade: Sabias que este glaciar é um dos poucos que tem resistido impecavelmente ao aquecimento global? Sim. Ao contrário de 95% dos glaciares, o Perito Moreno continua a crescer.

Informações práticas:

Horários do parque: 9h às 21h

Não existem autocarros até ao parque de modo que o ideal é alugar um carro, apanhar um táxi ou fazer a visita com uma agência. Mais informações sobre o parque no site oficial.

Caminhar pelo parque nacional de Torres del Paine

parque nacional de torres del paine

Este parque é um MUST GO da Patagónia chilena e a trilha W, nomeada pela sua forma que te permite chegar mais perto das montanhas e os glaciares, é a caminhada mais conhecida entre os viajantes e turistas. Nós aconselhamos-te a ires entre Novembro e Janeiro para teres melhores condições climatéricas e para tirares as melhores fotos do mundo… Depois não te esqueças de partilhar tudo connosco nosso Instagram: @iatisegurospt.

Informações práticas:

Horários: Alta temporada: 7h – 22h

Baixa temporada: 8h30 – 17h30

Podes também encontrar mais informações sobre o parque no site oficial do mesmo.

Já conheces a Patagónia? Se ainda não conheces este cantinho do céu, esperemos que este artigo te tenha inspirado a conhecer.

 

Artigo escrito por: Daniela Matinho

Conteúdo Relacionado