10th Abril 2019 Asia Deixe um comentário

Enquanto o famoso vizinho Japão, ou a vizinha China recebem várias dezenas de milhões de viajantes por ano, a Coreia do Sul apresenta-se como um lugar a descobrir pelos mais curiosos.

Seoul é uma das capitais mais seguras do Mundo, mas os seguros de viagem da IATI garantem que em caso de repatriação, malas roubadas/danificadas, transporte de um familiar, ou responsabilidade civil, não estarás sozinho e à distância de um telefonema falarás com um profissional, em português, que te ajudará rapidamente.

porta principal de palacio gyeongbokgung

Conhece Seoul, a capital da Coreia do Sul

Desenvolvida em termos de moda e tecnologia, mas ao mesmo tempo extremamente tradicional, esta cidade tão dinâmica, mistura palácios, arranha-céus brilhantes, trilhos em montanha, e sempre ao som da música K-Pop.

Quem não se lembra do Gangnam Style?

Seoul tem uma população de 11 milhões de habitantes e, se incluirmos os arredores, o número salta para os gigantes 26 milhões, tornando esta cidade na segunda maior área metropolitana do mundo.

A Coreia do Sul tem vindo a ganhar popularidade internacional, nos últimos, na área da tecnologia, automóvel e entretenimento. Marcas como a Samsung ou a Hyundai são conhecidas mundialmente, e não há viajante que nunca tenha experimentado um prato Coreano.

portas principais do palacio gwanghwamun

A Coreia está a palpitar, e o centro de toda a agitação é Seoul!

Tal como Portugal, a Coreia tem 4 estações, e a melhor altura para visitar esta cidade, é durante a Primavera (Março a Maio) ou no Outono (Setembro a Novembro). A época alta é o Verão, mas Julho é o mês das chuvas.

Estas duas estações do ano são caracterizadas por uma mudança dramática nas cores que compõem a sua paisagem: na Primavera há flores de cerejeira com cor-de-rosa e branco, e no Outono tudo muda para vermelhos ardentes, laranja e amarelo.

estatua do rei sejong

O que podes visitar em Seoul que te vai deixar rendido?

Deixa os transportes de parte, coloca uns sapatos confortáveis e parte para o centro, onde vais encontrar as atracões imperdíveis:

A imponente estátua de bronze do Rei Sejong, inventor do alfabeto coreano e um dos monarcas da Dinastia Joseon, que dominou a nação por quase cinco séculos, está mesmo no centro da cidade.

Continua a andar e prepara-te para apreciar o imponente Portão de Gwanghwamun, entrada para o Palácio Gyeongbokgung.

porta principal de palacio gyeongbokgungO Palácio Gyeongbokgung é o maior, mais antigo e mais popular dos “Cinco Grandes Palácios” da cidade. E é a maior atração da cidade, lugar para onde vão os turistas para vestir os trajes tradicionais coreanos.

O local é um grande complexo, repleto de pavilhões, jardins e vários recantos secretos à espera de ser explorados.

Depois de tirares as fotos aos guardas e à arquitectura impressionante, parte à procura do calmo Palácio Changdeokgung, que muito se assemelha a um imenso jardim, de tão tranquilo. Suas construções são tradicionais, e é o único dos Cinco Palácios que a UNESCO tornou Património da Humanidade, em 1997.

É no Palácio Deoksugong, que vais assistir à ruidosa troca de guardas deste edifício históricos. O ritual mantém-se igual há séculos e inclui música tradicional, tambores e muitos gritos de guerra, no centro de um cenário que nunca sofreu alterações ao longo dos tempos.

parque cheonggyecheon em seoul

Depois de um dia de história, é tempo de explorar o urbanismo de Seoul. Cheonggyecheon é um projeto moderno e bastante arrojado que revitalizou a paisagem desta cidade, construindo uma área de lazer com 11km de comprimento. Impressionante não é?

Dentro desta área há espaços verdes, canais de água, zonas de leitura, espaços para crianças, e comércio de apoio. E ao longo deste percurso, que estrategicamente passa nos principais pontos da cidade, tem

os a consciência do grau de organização e planeamento deste povo.

comida no mercado myeong dong

Mercado Myeongdong é a principal região de compras de Seul, e tu não vais querer perder as imensas lojas, cafés e barraquinhas espalhadas pela rua. Assim como o Mercado Namdaemun, com o animado mercado de rua diurno e noturno.

A capital da Coreia é famosa pelos seus buffets de preço fixo, onde comes tudo o que conseguires. E é famosa, também, pelo Kimchi, um acompanhamento feito de repolho fortemente temperado com especiarias, que vais querer provar uma vez na vida.

Sentes-te inspirado para visitar Seoul?

Autores: Onde andam os Duarte