Tal como em todos os aspetos da vida, nas viagens existem muitos mitos e preconceitos associados que não estão, na maioria das vezes, perto da verdade. Por isso, e como na Iati queremos que explores o mundo sem medos, hoje queremos clarificar algumas ideias que se foram criando ao longo dos anos que em pouco correspondem à realidade.

Claro que acidentes podem acontecer e não queremos com isto dizer que deves ignorar as recomendações e precauções, aliás, fazer um seguro de viagem é sempre a melhor opção, no entanto isso não te deve impedir de viajar. Acidentes podem ocorrer em qualquer lugar por isso viajar não é excepção mas existem mitos que precisamos de desvendar.

candeeiro com setas em ingles que apontam para os mitos ou os factos

7 mitos sobre viagens para esquecer de uma vez por todas

Só viaja quem é muito rico

pote de poupanças para viajar

Este é o clássico que todos nós já ouvimos, ou da família ou dos amigos ou, a certa altura, já nós mesmos acreditamos. Com bastante pesquisa e organização é possível fazê-lo, quer seja de avião, comboio ou carro. Tudo passa por uma questão de prioridades, muitas das pessoas que viajam com frequência, optam por reduzir ao máximo o consumo no dia a dia: roupa, saídas, jantares, cabeleireiros, etc.  Outro ponto que é necessário esclarecer, é que não viaja só que anda de avião, podemos viajar dentro do nosso próprio país, fazer uma viagem de carro a países vizinhos ou ir de boleia pela Europa. Para quem gosta realmente de viajar e explorar novos lugares, todos as opções anteriores são válidas e inclusivamente mais sustentáveis.

Todas as viagens são incríveis

mulher jovem a meditar sentada numa palmeira na praia

Da mesma forma que encorajamos toda a gente a viajar, uma vez que o contacto com diferentes culturas nos abre a mente e nos faz crescer é importante dizer que não devemos visitar um sítio só porque está na moda ou na lista dos países mais visitados do momento. É importante fazer uma pesquisa prévia sobre o local, os costumes, a gastronomia, os lugares que queremos visitar e pesquisar sobre a opinião de diferentes tipos de viajantes de forma a encontrarmos aquele que mais se identifica connosco e entender se realmente esta viagem faz sentido. Lembra-te que nem tudo o que se vê no Instagram é real.

A época de chuva estraga os planos

familia a viajar pelo lago bled durante o outono

Principalmente em países tropicais, muitas vezes lemos que é melhor viajar durante o período seco e a época alta. Contudo lembra-te que todo o mundo vai ler a mesma recomendação e por muito sol que esteja, se o sítio estiver a rebentar de turistas provavelmente não vais aproveitar como gostarias. Não queremos com isto dizer que deves ignorar recomendações que possam afectar ou pôr em risco a tua segurança, no entanto em determinadas regiões e alturas, época de chuva  significa apenas que pode chover intensamente durante uma hora seguida, por exemplo. Pensa que a maioria dos templos, cascatas e atrações vão ter muito menos gente, por isso mesmo que não esteja um sol radiante, a temperatura vai estar alta e a probabilidade de teres o lugar só para ti é muito maior.

Viajar sozinho é perigoso

mulher com mochila num miradouro em frente a um valeCada vez que ouve menos este mito, mas ainda há muita gente que decide não ir naquela viagem de sonho porque não tem amigos que possam embarcar na aventura. A questão do “viajar sozinho” é que, no sentido literal da palavra, raramente acontece, ou seja, ao entrares numa grande viagem sozinho acabas sempre por terminar o percurso com grandes companheiros. Pensa que, actualmente, muitas gente viaja por longos períodos de tempo, ou mesmo de férias sozinho, os quartos ou camaratas dos hostels são normalmente o lugar perfeito para encontrar pessoas com os mesmos interesses que no dia seguinte têm planos para explorar a cidade em questão. Para além da oportunidade de fazer novos amigos, os momentos que possas ter só vão te ajudar a crescer, a sair da tua zona de conforto e a ultrapassar obstáculos (linguísticos, logísticos, etc) que de outra forma não farias. Aqui ficam 10 motivos porque viajar sozinho é uma experiência incrível.

Pedir boleia não funciona e é perigoso

jovem com mochila de campismo pede boleia

É verdade que os filmes de terror americanos contribuíram para este grande mito, mas também é verdade que não faltam casos e exemplos de casais, homens, mulheres e amigos que viajam pelo mundo recorrendo à boleia como meio de transporte. É um sistema de partilha de transporte que te vai permitir, muitas das vezes, conhecer locais que muitas das vezes se tornam amigos.

Viajar com crianças é impossível

mães e dois filhos a fazer snorkeling em aguas cristalinasA vida muda com a chegada de uma criança ao seio familiar e isso não é diferente com as viagens: tem de haver mais planeamento, menos esforço físico, mais segurança, mais rotina, mais refeições e mais paciência. Mas também vão haver mais memórias, mais brincadeiras, mais sorrisos e mais experiências. Por isso começa a planear a tua próxima viagem em família, a internet está cheia de bons exemplos e artigos sobre destinos ideias para crianças.  Aconselhamos a que, se fores viajar com crianças, não te esqueças de fazer um seguro de viagens.

Viajar pelo mundo é para os jovens

casal mais velho rema num kayak

Não deixes que o “já não tenho idade para isso” ou “já passei essa fase” te consuma! Viajar é explorar novas culturas, viver novas experiências, conhecer novas pessoas e provar novos sabores, e para isso não há idade. Pelo nosso país fora vemos diariamente famílias e casais vindos de países nórdicos e outros cantos do mundo que aproveitam a sua reforma para conhecer mais deste mundo. Inspira-te e não deixes que a mentalidade da sociedade te limite.

Autora: Janete, Flearound

Conteúdo Relacionado