3rd Dezembro 2018 Asia Deixe um comentário

Na Ásia há diversidade, beleza, caos e charme, por isso, oferece qualquer coisa a qualquer um que a visita. Às vezes não temos companhia para viajar, mas isso não nos impede de partirmos à ventura, e com os seguros para viagens internacionais da IATI sentimo-nos sempre muito bem acompanhados para onde quer que vamos.

Países para viajar sozinho pela Ásia

viajar sozinho pela asiaFaz as malas com a Iati, que criou uma lista dos melhores países para viajantes independentes. São destinos que adoramos, e que vais adorar também!

Camboja

viajar sozinho pela asiaQuem não quer viajar para o Camboja? Não há ninguém que tenha ido, e que não queira voltar outra vez. E isso, por si só, é um motivo para impulsionar viajantes para este país incrivelmente bonito, rico em história, povo amigável e gastronomia de chorar por mais.

É um lugar fantástico para viajantes sozinhos explorarem, porque a sua diversidade compensa. Desde a agitada cidade de Phnom Penh, aos templos de Angkor Wat, e as paradisíacas praias de Sihanoukville.

E é um lugar muito seguro. São raras as queixas de agressão, e embora haja poucos viajantes fora de Siem Riep (cidade que acolhe os templos de Angkor Wat), não nos sentimos sozinhos graças à gentileza dos seus habitantes.

Gostas de andar de mota? No Camboja vais encontrar os capacetes mais hilariantes do Mundo.

Há tanto para ver. Depois de visitar templos e os Killing Fields (devastador, mas a não perder), podes explorar lugares menos conhecidos: Battambang, a segunda maior cidade do Camboja, construída em redor de um rio, e com charmosa arquitectura colonial. Kampot, onde podes ajudar habitantes cegos, ao fazer uma das suas tradicionais massagens por cerca de 3€.

Japão

viajar sozinha pelo japao

Não apenas porque é um país altamente desenvolvido, e é bom para viajantes sozinhos, mas porque o Japão tem bastante para oferecer. Em primeiro lugar, comer é mais fácil, uma vez que os conhecidos restaurantes de “ramen” são compostos por lugares individuais ao balcão. Se não gostares de comer sozinho podes, em alternativa, ver roteiros dedicados a cozinha Japonesa, deliciares-te com o fresco sushi, na companhia de outros viajantes.

Em qualquer cidade grande japonesa, para para observar, e vais ver a quantidade de pessoas que andam sozinhas. No caso de seres rapariga e estiveres mesmo preocupada com a segurança, podes procurar os transportes, ou alojamentos só para mulheres, que também existem.

Nem todos falam Inglês, mas todos são muito respeitadores e fazem tudo para te ajudar, o que te resta fazer é, relaxar e explorar. Não voltes sem ter a experiência de um “an onsen”, um banho tradicional japonês, onde até dá jeito estar sozinho, por tens de estar completamente nu!

Coreia do Sul

viajar sozinha pela coreia do sul

Talvez não estivesses à espera deste, mas a IATI garante que é um país que te vai deixar o apetite por mais Sudoeste Asiático. A capital é Seoul, uma cidade com muita vida, cheia de edifícios modernos e pessoas simpáticas.

No entanto, a gastronomia é o ponto forte. Churrasco coreano, “kimchi”, “bibimbap” e muito mais. Como não adorar? As famosas bancas de rua estão por toda a parte, e há imensos jovens a fazerem as suas refeições por lá. Um bom local para conheceres pessoas.

Percorrer as ruas também é bastante fácil, para quem viaja sozinho. O metro nas cidades de Seoul, Daejon e Busan, tem anúncios em inglês.

Muitos coreanos jovens falam inglês, e a sua simpatia é realmente genuína. Quer estejas a subir o Monte Gangcheon, a visitar as cascatas de Byeongpung ou a petiscar marisco fresco no mercado de Jalgalchi, vais apenas encontrar pessoas afáveis e cheias de vontade de ajudar.

Vietnam

viajar sozinho pelo vietnam

Outro país do Sudoeste Asiático, e não é por acaso que o escolhemos para pessoas a viajar sozinhas. Tem natureza, cultura, boa comida e divertimento. E é bastante fácil, também, de te deslocares, especialmente se gostares de andar de comboio, ou mota.

A rede ferroviária é bastante desenvolvida, e tem oferta suficiente para qualquer parte que queiras visitar. Gostas de cidades grandes? Não podes perder Ho Chi Minh, e a capital Hanoi, onde as ruas são temáticas (chapéus, sapatos, cartões, ferragens, etc), e facilita imenso.

Delicia-te com um Bún Cha, o prato mais típico do Vietnam.

Se preferires mais natureza e cenários idílicos, não podes perder a zona montanhosa de Sapa e os seus arrozais, a baía de Halong Património da Unesco e visitar uma exploração de ostras, e as praias de areia brilhante de Nha Trang.

Os vietnamitas falam inglês, o que faz um viajante sentir que é mais fácil circular pelo país.

Se gostares de andar de mota, vai preparado com um seguro IATI. Há milhares de motas em todo lado e o tráfego é incrível, pois os vietnamitas utilizam as motas para transportar cargas muito volumosas. Aproveita para observar, por vezes nem se vê a pessoa que vai a conduzir.

Myanmar

viajar sozinho pelo myanmar

E terminamos em alta. Se o Myanmar não está na tua lista, é hora de colocar!

Não são apenas templos, pagodas, cidades antigas e vilas rústicas, há tanto para visitar que voltamos para casa relaxados e inspirados.

As pessoas em Myanmar são de uma bondade comovente.

Se viajas sozinho, vais ficar mais do que feliz aqui, não só acolhimento mas também pela autenticidade do país. Não podes perder Bagan, Yangon e Mandalay. Abraça a experiência de estar num lugar único, visita as plantações de chá, dorme uma cabana, planta uma árvore e aproveita para fazer uma refeição com os habitantes.

 

Artigo escrito por: Onde estão os Duarte