decidiste fazer um Gap Year e já escolheste o seguro de viagens IATI que mais se adequa à tua viagem. Agora chegou o momento de maximizá-lo. Como? Nós damos-te umas dicas.

Planear um gap year nem sempre é tarefa fácil. É preciso olhar bem para o orçamento e ver como é que ele pode esticar para todas as atividades. Como já dissemos anteriormente, um gap year é como um bilhete de identidade, o que significa que não há fórmula certa ou errada, e que tu tens a liberdade de fazer aquilo que quiseres. Esta pausa no teu quotidiano é o momento ideal para aprenderes mais sobre ti e sobre o mundo que te rodeia. Cada dia vai ser uma nova experiência, uma nova aprendizagem e, por isso, é importante que estejas de mente aberta e com disposição para beber todo o conhecimento.

duas pessoas com um mapa planeiam uma viagem

Como tirar partido do teu gap year?

Uma das formas para tirar o maior partido do teu gap year é, precisamente, o planeamento. Não merece a pena planear tudo ao pormenor, mas uma pesquisa pré-viagem é essencial para não perderes pitada dos lugares por onde vais passar. Desta forma, estarás a reduzir o tempo de pesquisa durante a viagem e podes organizar-te à priori.

Durante o nosso dia-a-dia tentamos evitar momentos constrangedores e fora da nossa zona de conforto, mas, durante o gap year, deves procurar exatamente o oposto! Sair da nossa zona de conforto permite-nos estar mais alerta para coisas diferentes e abertos a todo o conhecimento. Se não dominamos um determinado assunto, automaticamente vamos estar muito mais predispostos a ouvir os outros e a aprender com eles.

sapatos masculinos de pele pisam um sinal da zona de conforto

Sempre quiseste experimentar uma profissão ou um curso, mas nunca tiveste oportunidade de o fazer? Está na altura! Através de plataformas de voluntariado e de work exchange podes experimentar distintas áreas do teu interesse pessoal, académico ou profissional.

Ao fazeres work exchange vais estar a dar vida àquele teu desejo de trabalhar numa quinta, num hostel, num bar, numa comunidade ou até a desenvolver competências que sejam úteis para ti. Há imensas oportunidades na área da comunicação, marketing, decoração, natureza, trabalho comunitário e melhorias em sites e SEO, por exemplo. Para além disso, também podes integrar projetos de impacto social e ecológicos.

mulher trabalha numa vacaria

No que diz respeito aos cursos, a Gap Year Portugal tem um programa que te permite experimentar até três cursos na universidade, durante duas semanas cada. Imagina que estás indeciso quanto ao teu futuro e essa é, na realidade, uma das razões pelas quais estás a fazer um gap year. Esta é a única oportunidade para experimentares cursos sem estares, efetivamente, na universidade.

Tira o maior proveito do teu gap year, maximizando as tuas habilidades e conhecimento!

Os momentos de reflexão são super importantes durante toda esta pausa. Por vezes, as pessoas estão tão embrenhadas na experiência que estão a viver que não param para pensar. Já ouviste falar de aprendizagem reflexiva? É exatamente aquilo que soa. Aprender enquanto refletes. Acredita que nem sempre é tarefa fácil, mas acaba por ser uma forma de rever toda a informação que tens recebido, tratá-la e tirar o maior proveito dela. Afinal, as viagens também servem para desenvolveres as tuas soft skills.

Em viagem, somos confrontados com realidades muito distintas à nossa e a um ritmo de vida ao qual não estamos habituados. Observamos com atenção as diferenças e similitudes com a nossa cultura. Este exercício acaba faz com que, involuntariamente, pensemos nas nossas atitudes e ações perante determinados momentos. Aqui já estamos a refletir e, por seguinte, a aprender mais sobre nós e sobre os outros.

mulher sentada num cais na margem de um lago em posiçao pensativa

Aproveita para escrever durante a viagem: terás uma boa recordação e vai ajudar-te a assimilar tudo de uma forma mais prática.

Maximizaste o teu gap year de tal forma que, uma vez de regresso a casa, não sabes o que fazer? Aqui fica mais uma dica: partilha a tua experiência!

Se tiveste um ano incrível, cheio de histórias, peripécias e realizações, por que não partilhar com os outros? Junta a tua família e amigos numa sessão de fotografias, escreve as tuas aventuras num blog, envia artigos sobre as tuas experiências para jornais e revistas do tema e fala com a Gap Year Portugal. Podes tornar-te num advisor que vai ajudar outros gappers a pôr a mochila às costas e a desafiar-se a ter um ano diferente.

homem partilha as suas experiencias com outras pessoas

Ainda não tens a certeza de que o Gap Year é a melhor opção para ti? Sabe mais sobre este ano de pausa em movimento com o nosso artigo!

Autores: Gap Year Portugal

Relacionados