Entre a metade de junho e agosto é a melhor época para explorares a região de Provença e Côte d’Azur, no sul da França, e encantar-te com os floridos campos de lavanda e as magníficas paisagens. Reunimos aqui um roteiro para não perderes nenhum cenário especial pelo caminho: confirma o seguro de saúde internacional IATI que melhor se adapta às tuas necessidades e bon voyage!

1.     Avignon

Os vilarejos franceses são puramente charmosos! Para começar esta roadtrip, adiciona uma paragem em Avignon, a cidade que foi lar dos Papas católicos por séculos e só passou ao domínio da França em 1791. Visita o Palácio dos Papas, a Fortaleza de Santo André, o centro histórico e as pontes que datam do século XIII!

ponte de santo benezet em avignon

2.     Aix-en-Provence

Aix-en-Provence foi o lar que serviu de inspiração para as obras do pintor Paul Cézanne, então já podes imaginar o que encontrarás por lá, não é? As paragens obrigatórias na cidade são a Catedral de Saint-Sauveur, a avenida Cours Mirabeau e o museu-estúdio de Cezanne.

praceta de aix-en-provence

3.     Gorges du Verdon

O lago Sainte-Croix-du-Verdon, combinado com a grandiosidade dos canions de Verdon, formam uma das paisagens mais belas da Europa! Os desfiladeiros estendem-se por 25km e atingem até 700 metros de altura, garantindo uma beleza natural única. Não resistas à água de uma impressionante cor turquesa e aproveita as elevadas temperaturas do verão para nadar neste belo lago e fazer um passeio de barco ou pedalinho!

vista sobre as gorges du verdon com varios barcos na agua

4.     Moustiers-Sainte-Marie

A maior vantagem de fazer esta rota a conduzir é teres a liberdade de fazer quantas paragens te apetecer ao longo do trajeto, aproveitando o máximo de cada sítio! Sem dúvidas, não faltarão vilarejos charmosos para conheceres, mas o Moustiers-Sainte-Marie é um daqueles que não pode faltar no roteiro. Perde-te pelas suas ruas e experimenta uma cerveja artesanal famosa na região, com um sabor muito especial: lavanda!

edificios da vila de moustiers sainte marie

5.     Bonnieux

Ao longo do trajeto, vais encontrar incontáveis campos de lavanda e lavandin, um mais convidativo que o outro. Em Bonnieux estão alguns deles, que se estendem como tapetes lilases às margens de colinas. Interessante saber que a lavanda fina verdadeira cresce somente nas regiões de altitude entre 800 e 1300 metros acima do nível do mar. Sempre que encontrares campos abaixo desta altitude, serão de lavandin, uma flor desenvolvida a partir da lavanda, mas que não tem as mesmas propriedades medicinais e é usada para fins diferentes da lavanda.

vista panoramica da vila de bonnieux

6.     Museu da Lavanda

Conhecer o Museu da Lavanda, em Coustellet, é uma ótima oportunidade para aprenderes as diferenças entre lavanda e lavandine, o processo de produção e extração da essência de lavanda e suas propriedades medicinais. Afinal, para verdadeiramente viveres uma experiência completa, precisas também aprender, além de apreciar a beleza das flores, certo?

O Museu da Lavanda está aberto diariamente, entre 1 de fevereiro e 31 de dezembro (exceto 25 de dezembro), e o acesso custa € 8,00 por pessoa (sujeito a descontos). Para mais informações e horários completos, aceda ao site oficial aqui.

edificio principal do museu da lavanda

7.     Luberon

Este roteiro não estaria completo sem mencionar o Parque Nacional de Luberon: uma reserva da biosfera, adicionada à lista da Unesco em 2010! Nesta região, encontrarás vilarejos que enfeitam os 75 quilómetros de montanhas abrangidos pelo parque, além da fauna e flora preservados.

vista panoramica do parque nacional de luberon

8.     Valensole

Pelas planícies de Valensole estendem-se os mais apaixonantes campos de lavanda. Prepara-te para muitas paragens ao longo do caminho para eternizar o melhor destes campos em fotografias!

campos de lavanda do planalto de valensole

9.     Cassis e Parque Nacional dos Calanques

Para finalizar a tua viagem, conduz até Cassis e admira a beleza de Côte d’Azur e o Parque Nacional dos Calanques! Podes fazer trilhas pelos calanques até as suas belíssimas praias ou, ainda, em embarcar em um passeio que levar-te-á a 3 ou até 9 calanques. Há diversos tours disponíveis, para que possas escolher de acordo com a tua disponibilidade de tempo e orçamento.

vista aérea do parque nacional de calanques

Se ainda tiveres mais tempo para desfrutar na região, não deixes de visitar Marselha, Eze, Nice e Cannes, que também arrancarão muitos suspiros teus! Apesar de pela autoestrada o trajeto ser feito muito mais rapidamente, nós sugerimos que faças a viagem pelas estradas secundárias, para que, no caminho, passes também por outras aldeias e paisagens incríveis.

Gostaste do roteiro? Então desfruta muito das tuas férias com a IATI e depois conta-nos tudo!

Autora: Amanda sem Fronteiras

Conteúdo Relacionado