O Natal está à porta e nós não podíamos deixar de marcar esta época. Decidimos levar-te àqueles que são os mercados de Natal europeus mais badalados de 2018.  Preparado? Casacos, gorros e luvas na mochila? Então vamos lá começar com o nosso roteiro pelas cidades frias mas muito natalícias. IMPORTANTE: Não te esqueças de aderir a um seguro de viagem para a Europa para viajares com toda a tranquilidade nesta época.

Os melhores mercados de Natal da Europa

A capital do Natal – Estrasburgo, França

mercado de natal em estrasburgo

O primeiro mercado na chamada capital do Natal, Estrasburgo, realizou-se em 1570 e 448 anos depois, este ainda continua a ser um dos mercados mais visitados e afamados da Europa. Entre as centenas de barraquinhas é fácil perder-se por aqui com as comidas típicas, o vinho quente e as luzes da cidade. Para colmatar, a cidade Alsaciana prepara muitas atividades associadas ao mercado e, entre elas, nós destacamos as excursões de comida, os concertos e as animações para crianças.

Datas: 23 Novembro a 30 de Dezembro

Gendarmenmarkt, o mercado gigante – Berlim, Alemanha

mercado natalicio em berlim

Rodeado pelas catedrais Deutscher e Französischer, o mercado de Natal de Berlim é dos maiores e mais atrativos na Europa. Há casitas para todos os gostos e talentos… As que mais nos saltaram à vista: as barracas de escultores de madeira, artesãos, fotógrafos e pintores. No campo da gastronomia, a famosa salsicha alemã não pode faltar (a bratwurst e rostbratwurst são as mais conhecidas) assim como as panquecas, crepes e waffles. Preparado para saborear tudo isto?

Datas: 26 de Novembro a 31 de Dezembro

O mercado de Natal com pista de gelo – Viena, Áustria

mercado de natal de viena

O Cristkindlmarkt na praça  Rathausplatz nasceu em 1298 e promete ser mais um mercado completamente imperdível no nosso roteiro europeu. Entre aromas e comidas típicas, existe também uma área dedicada às crianças para aprenderem a fazer bolachas e velas… Tudo isto ao som das músicas de Natal que todos nós conhecemos.

A nossa dica: leva os teus patins para a pista de gelo instalada no meio do mercado e faz pequenas paragens para saborear as frutas cobertas com topping de chocolate.

Datas: 17 Novembro a 26 de Dezembro

Dois mercados natalícios numa só cidade – Praga, República Checa

mercados natalicios em praga

A praça do centro histórico e a praça Wenceslas são os palcos dos dois mercados de Natal da cidade. Este ano o tema dos mercados de Natal de Praga é “Contos de Fadas”, de modo que é possível encontrar personagens e animais das histórias infantis espalhadas pela cidade.

O nosso conselho: explorar todas as ruas e barraquinhas e terminar o dia com um concerto de música clássica. Os concertos acontecem geralmente em igrejas ou monumentos históricos.

Para mais informações sobre os mesmos, podes visitar o site com todos os horários e espetáculos.

Data: 1 de Dezembro a 6 de Janeiro

O mercado na cidade mais iluminada – Cracóvia, Polónia

mercado de natal de cracovia

Tudo acontece no centro histórico da cidade de Cracóvia, onde a praça principal se enche com uma árvore gigante e as paredes e recantos se enfeitam com luzes e decorações de Natal. Entre o cheiro a carne grelhada, o queijo oscypek, o pão de gengibre, também não podes deixar de provar o Grzaniec Galicyjski, mais conhecido por vinho quente. Se ainda não visitaste um país da Europa de Leste, esta é uma razão mais do que suficiente para não esperares mais tempo.

Datas: 30 de Novembro a 26 de Dezembro

O mercado nórdico com visitas guiadas – Estocolmo, Suécia

mercado de natal em estocolmo

Localizado no coração da cidade (Gamla Stan), o mercado de Natal de Estocolmo é o último do nosso roteiro. As casinhas com comida e artesanato sueco, assim como os jogos de dança fazem as delicias dos miúdos e graúdos. Se procuras uma experiência 100% tradicional, estão disponíveis visitas guiadas para explorar o mercado de Natal à moda sueca.

Podes ver mais sobre os horários e preços, aqui.

Datas: 24 de Novembro a 23 de Dezembro

Malas feitas para percorrer os mercados de Natal da Europa?

 

Artigo escrito por: Daniela Matinho

Conteúdo Relacionado