É seguro viajar para Cuba em 2021? Esta ilha não deixa ninguém indiferente com as suas praias, carros que são verdadeiras relíquias, cidades encantadoras e um povo que se apaixona, mas há perigos em Cuba?

Na IATI somos apaixonados por este canto do Caribe, no entanto hoje, o assunto é aprofundar a segurança em Cuba.

Asseguramos-te já que sim, é seguro viajar para Cuba, mas informação não é demais e queremos que conheças algumas dicas para que possas desfrutar e aproveitar muito mais e sem riscos. Além disso, devido ao coronavírus, vamos aprofundar a situação da pandemia na ilha, o que vais encontrar ao longo do percurso e, finalmente, se é seguro viajar a Cuba apesar da Covid-19.

casas coloridas numa rua de havana em cuba

Mas então é seguro viajar para Cuba?

Sim, é seguro viajar para Cuba, mas sempre com um mínimo de bom senso. Embora essa possa não ser a tua ideia inicial, a sensação de segurança em Cuba é de 100%.

Existem perigos em Cuba? Em pouco países te sentirás tão seguro e bem-vindo como na ilha. Porém, nunca é demais proteger os seus pertences, especialmente em lugares muito turísticos e lotados como o centro de Havana. Também não é aconselhável exibir objetos de valor como jóias, embora te possamos garantir que caminhar com a tua máquina fotográfica na mão é totalmente possível e que verás muitos viajantes a fazê-lo sem problemas.

Em Cuba, como em muitos outros lugares, há pessoas que procuram aproveitarem-se dos turistas. Os conhecidos como jineteros tentam levar os viajantes a lugares para comprar ou consumir algo em troca de uma comissão. É aconselhável estar alerta, embora não valha a pena entrar em paranóia de desconfiar de todos. O povo cubano é amigável e acolhedor por natureza.

Uma questão um pouco mais difícil de controlar são os fenómenos meteorológicos. Cuba sofreu vários furacões e alguns deles causaram grandes danos à ilha. A temporada de furacões no Atlântico vai de junho a novembro, sendo os meses de agosto, setembro e outubro os mais difíceis. Nestes casos, as autoridades locais tendem a atuar de forma muito eficaz e os boletins com recomendações da Defesa Civil são continuamente veiculados na televisão, no rádio e na imprensa.

Nos meses mais quentes e chuvosos, a incidência de doenças transmitidas por mosquitos, principalmente a dengue, tende a aumentar. Não são doenças com altas taxas de mortalidade, mas podem afetar gravemente gestantes, crianças e idosos, por isso é aconselhável estares protegido com um bom repelente de mosquitos e usares roupas compridas ao amanhecer e ao anoitecer.

Por outro lado, se precisares de um determinado medicamento, lembra-te de que podem faltar nas farmácias cubanas. A falta de fármacos é frequente e é recomendável viajar com a medicação e não confiar que poderás encontrá-la na ilha. Embora seja seguro viajar para Cuba, é essencial fazê-lo com um bom kit de viagem que contenha o básico: ibuprofeno, paracetamol, betadine …

Resumindo, podemos dizer que é seguro viajar a Cuba, embora nunca seja demais ser cauteloso e, claro, estar acompanhado do melhor seguro de viagem para Cuba: o IATI Mochileiro. Além disso, atualmente, devido ao surto do coronavírus, é fundamental levar em consideração a situação epidemiológica da ilha. Continua a ler e descobre mais sobre este tópico.

Contratar agora o teu seguro de viagem para Cuba

Considerações ao viajar a Cuba em 2021 devido a covid-19 – Pode viajar?

Sim, é possível viajar de Portugal para Cuba apesar da covid-19. No entanto, deves considerar que existem requisitos adicionais e, o mais importante, quarentena de 7 dias à chegada a Cuba. Na documentação para viajar a Cuba iremos informá-lo em detalhe, mas terás que:

  • Ter um resultado negativo de teste RT-PCR diagnóstico COVID-19, realizado 72 horas antes da viagem, e certificado por laboratórios do seu país de origem;
  • Ter apólice de seguro que cubra COVID-19. Isso é fácil de cumprir, todos os seguros da IATI cobrem despesas médicas de covid. O melhor seguro para Cuba é o IATI Mochileiro;
  • Obrigatório realizar um período de quarentena de 6 noites e 7 dias;
  • Obrigatório realizar um teste RT-PCR no aeroporto de chegada e um segundo teste ao sexto dia no hotel de isolamento. Receberá o resultado deste segundo teste 24 horas após a sua realização.

Se for negativo, poderás cumprir os planos de viagem e / ou reunires-te com a tua família em Cuba.

Tem em atenção que este artigo foi escrito em junho de 2021 e que, entretanto, as condições podem-se alterar. Por isso, visita sempre as fontes oficiais para obter informação atualizada.

praia paradisíaca com cabana e vegetação tropical em cuba

É seguro viajar para Cuba apesar da Covid-19?

É válido perguntares-te se é seguro viajar para Cuba durante o período da Covid-19. Esta é uma pergunta muito difícil de responder, mas, olhando para os números, como em qualquer parte do mundo, não é 100%.

Embora seja verdade que em 2020 Cuba administrou bem a pandemia, o surgimento de novas estirpes e a abertura do país sem muitas restrições durante o Natal fizeram com que muitos familiares voltassem à ilha e a incidência disparou. Até ao momento, o país está com um registo de casos bastante elevado, atingindo a cada dia um novo recorde. Por isso, o governo reforçou as medidas de prevenção, principalmente em Havana, onde se registam mais casos.

Quanto à vacinação, Cuba tem sido um dos países mais lentos a iniciar a vacinação, já que rejeitou o apoio da Covax. O país está a desenvolver 5 vacinas, das quais 2 (Soberana 02 e Abdala) estão em última fase de testes. A previsão é de obter a autorização de uso por emergência e o seu registo ao longo do mês de junho. Em maio iniciou-se um processo de vacinação em Havana e já foram inoculadas mais de 3,42 milhões de doses em todo o país. Estima-se que 4,4% dos cubanos estão totalmente imunizados com os 3 frascos necessários.

Segundo o ministro da Saúde, José Portal, a previsão é que 22% da população cubana seja vacinada antes do final de julho e que 70% tenha recebido a vacina contra o coronavírus em agosto de 2021. Na verdade, o país tem como objetivo fabricar este ano 100 milhões de Soberana 2, o que representaria um excedente para exportar ou administrar nos turistas que visitam a ilha.

O Ministério das Comunidades Portuguesas aconselha a viajar com cautela, monitorizando a situação epidemiológica (no Ministério da Saúde Pública de Cuba terá mais informações) e cumprindo os protocolos sanitários do país. Entre elas está a obrigação de fazê-lo com seguro médico que cubra o coronavírus. A esta necessidade deve-se agregar bom senso, pois, devido ao colapso do hospital e à falta de remédios, ninguém gostaria de se encontrar em uma situação difícil sem o apoio financeiro e logístico do melhor seguro de viagem para Cuba, o IATI Mochileiro.

Obtém agora o teu seguro, um requisito obrigatório e a melhor proteção contra covid-19 e outros incidentes:

Contratar agora um seguro COVID-19 para Cuba

O que encontrarás se decidires viajar para Cuba agora? 

Se não podes esperar mais e pretendes viajar para Cuba neste momento, lembra-te que o uso de máscara é obrigatório em todos os momentos. Se não seguires esta regra, podes ser multado. Além disso, em Havana há recolher obrigatório das 21h00 às 17h00, bares e restaurantes estão fechados e a frequência do transporte público foi reduzida para 50%. Por outro lado, estão abertos os hotéis e residências particulares que possuem certificado de Turismo Mais Higiénico e Seguro. Os primeiros precisam de ter enfermeira, médico e epidemiologista 24 horas por dia. Em residências particulares, os proprietários devem entrar em contato com um médico e uma enfermeira para relatar o estado de saúde dos viajantes.

Quanto às atrações turísticas, muitas estão fechadas, mas a maioria das praias estão abertas. Deves considerar que podes ter problemas para te deslocar, pois há restrições para viagens regionais. Podes fazê-lo dependendo da situação epidemiológica de cada província. Em lugares como Varadero, a mobilidade é permitida em excursões ou passeios organizados e muitos bares e restaurantes estão funcionando, embora com medidas de capacidade limitada.

mulher com trajes coloridos e flores em cuba

Viajar sozinho para Cuba é seguro?

Estás ansioso para viajar para Cuba sozinho ou estás cansado de esperar que alguém se junte a ti? Não precisas de esperar mais porque viajar sozinho para Cuba é totalmente seguro. Claro, deves tomar alguns cuidados básicos, como não deixar teus objetos de valor sem vigilância, não andar em lugares solitários à noite ou não aceitar coisas de estranhos.

É preciso ter em mente que em Cuba é muito comum os homens assobiarem ou elogiarem na rua. Para eles é um hábito normal e à partida não irão além disso.

Quanto ao alojamento, a maioria dos hostels com quartos compartilhados estão localizados em Havana. Fora da capital, se queres economizar, o melhor é dormir em casas particulares, onde com certeza te sentirás muito cuidado.

edifícios clássicos, rua agitada e parque no centro de cuba

Alguns conselhos para viajar por Cuba em segurança

Pode ser seguro viajar para Cuba, mas isso não significa que não devas tomar alguns cuidados básicos. Segue estas dicas e faz a tua viagem sem problemas:

  • Contrata o melhor seguro de viagem para Cuba: o IATI Mochileiro. Ir protegido por uma apólice não é apenas recomendado, mas é um dos requisitos para viajar a Cuba. Devido à situação atual, é obrigatório comprovar que possui seguro com cobertura para coronavírus. Todas as políticas da IATI incluem despesas médicas derivadas de infecções por Covid-19, incluindo testes PCR no destino e quarentena, se necessário;
  • Verifica bem a documentação para viajar a Cuba com bastante antecedência. Lembra-te de que, além do passaporte, deverás solicitar um visto para Cuba;
  • É seguro viajar para Cuba, mas também evita usar muitas jóias e não andes com muito dinheiro em mão;
  • Em Cuba dificilmente se pode usar cartões de crédito, então terás que levar dinheiro suficiente e trocá-lo lá. Embora seja seguro viajar para Cuba, tenta distribuir o dinheiro em diferentes partes;
  • Leva contigo uma fotocópia do passaporte em vez do original;
  • Não percas o Cartão de Turista (visto). Vão pedi-lo quando saíres e, se não o tiveres, vais ter que pagar uma multa.
  • Troca dinheiro nas casas de câmbio oficiais, as CADECAS. É muito melhor levar euros do que dólares.
  • Andar por Havana é seguro, mesmo à noite. Evita áreas muito escuras e o Castillo del Morro e arredores. Nas suas áreas mais turísticas, a Havana Velha, o Centro Habana e o Vedado são os locais onde mais ocorrem os roubos.

Mais dicas sobre segurança em Cuba

  • Usa roupas frescas, de preferência de algodão. Também é aconselhável um chapéu ou boné para proteger do sol. Em Cuba está muito calor, por isso é melhor estar preparado;
  • Por vezes, eles oferecem garrafas de rum ou charutos a preços incríveis, geralmente é uma farsa e é melhor comprá-los em locais oficiais. O rum pode ser encontrado muito barato em qualquer supermercado;
  • Embora seja uma recomendação válida para qualquer país, em locais turísticos, verifica sempre a carteira, a mala e a máquina fotográfica. Muitas vezes, as pessoas que vão dançar são roubadas em locais de dança, então toma esse cuidado;
  • Verifica bem quando te derem o troco. Às vezes, eles tentam fazer passar o CUC como moeda nacional, que não é mais usada;
  • Se precisares de algum medicamento, leva-o contigo do teu país. A falta de medicamentos é comum, por isso é melhor ires preparado com um bom kit de primeiros socorros. Leva também protetor solar e creme pós-sol;
  • Usa repelentes de insetos. Usa camisas de mangas compridas e calças compridas ao amanhecer e ao pôr-do-sol;
  • Não bebas água da torneira, não é potável;
  • Evita conduzir à noite ou fazer transportes noturnos. Algumas estradas não estão em boas condições;
  • Cuidado se fores apanhar boleia, pois os roubos de carros sofreram um aumento;
  • Como de costume, podemos dizer que é seguro viajar para Cuba, mas usa o bom senso. Toma as precauções que terias noutras viagens.

Seguro de viagem para Cuba

Como podes ver, viajar para Cuba em 2021 é seguro, mas é verdade que os cuidados de saúde não são comparáveis ​​aos europeus e que podem faltar equipamentos médicos ou medicamentos. Nas cidades mais importantes, podes ser tratado em hospitais melhores, mas lembra-te que não é de graça. De acordo com o ministério, as contas médicas são altas. Para além disso, é normal que tenham que ser pagas antecipadamente. Por isso, viajar com seguro médico torna-se imprescindível e também é um requisito para entrar em Cuba.

Além disso, devido à situação causada pelo coronavírus, para viajar a Cuba é necessário contratar um seguro de viagem com cobertura médica que cubra as possíveis despesas devido ao contágio do coronavírus. O melhor seguro de viagem para Cuba é o IATI Mochileiro. Graças a ele, terá até 250.000 euros de cobertura para despesas médicas, inclusive as derivadas de Covid. Porém, também para a prática de desportos de aventura,  como mergulho livre ou acidentes mais simples como torcer o tornozelo nas ruas de Havana. Além disso, viajarás com a segurança de ser atendido 24 horas por dia e não terás que pagar em adiantado.

 

Obtém já o teu seguro para esta grande aventura que está para começar. Viaja com segurança, viaja com a IATI.

Fazer agora o meu seguro IATI Mochileiro para cuba