Todos os dias quase 2 milhões de pessoas embarcam em aviões para viajar para destinos distantes das suas casas. Muitas dessas pessoas atravessam vários fusos horários, desembarcando em lugares cujo momento do dia é muitas horas à frente ou atrás da hora que o viajante estaria habituado.

Tendo em conta a Humanidade, as viagens rápidas são uma realidade muito recente, e a composição biológica das pessoas ainda tem algumas dificuldades para se adaptar.

A IATI, líder em seguros de viagem online, explica-te o que é o Jet Lag e como amenizar os seus efeitos, sem destruir os primeiros dias das tuas férias.

como viajar sem jetlag

O que é o Jet Lag?

De forma resumida, e tentando não ser muito técnicos, o Jet Lag é uma condição fisiológica que perturba o sono devido a viagens rápidas em vários fusos horários (geralmente 2 ou mais) e causa um desequilíbrio no ritmo circadiano, que é um relógio biológico que regula os nossos sonos.

Este ritmo circadiano também influencia outros fatores biológicos, como a temperatura corporal, digestão, hormonas ou renovação das células.

Então o que acontece é que, ao viajares longas distâncias em curtos períodos de tempo, o teu ritmo circadiano demora para se ajustar aos novos ciclos de luz do dia e escuridão. O teu corpo quer dormir quando é noite em casa.

Ou seja, o teu relógio interno está dessincronizado com o relógio do país onde estás.

Sabias que…?

O Jet Lag só ocorre se viajares para oeste ou para leste e depois de passares 2 ou mais fusos horários de distância. Não ocorre ao viajar para o norte ou para o sul (mesmo em longas distâncias), se não passares 2 ou mais fusos horários. Podes ir de Helsínquia a Joanesburgo, demorar mais de 24 horas e chegar lá impecável!

sintomas do jetlag

Sintomas do Jet Lag

Os sintomas do Jet Lag podem variar devido a fatores como a direção da viagem e quantos fusos horários são atravessados. E cada viajante sente de forma diferente, pois depende também de fatores como a idade, saúde e alimentação.

Os viajantes mais novos adaptam-se rapidamente, e não sentem a maioria das vezes nada mais do que sonolência “fora de horas”.

No entanto todos nós podemos experienciar sintomas de Jet Lag, fica atento a: insónia/sono, fadiga diurna, dificuldade em concentrar, dores de cabeça, irritabilidade, problemas de estômago ou intestinais, desconforto geral e letargia.

A isto muitas vezes junta-se algum desconforto muscular consequência das horas na mesma posição no avião, e desidratação devido ao ambiente pressurizado da cabine.

Felizmente para a maioria dos viajantes, o Jet Lag é uma condição temporária que pode ser rapidamente corrigida e raramente requer intervenção médica profissional.

dores de cabeça jetlag

O mais fácil é seguir estas 5 dicas já comprovadas

1- Beber mais água

Parece óbvio mas as pessoas esquecem, especialmente quando viajam para um país mais frio e a sensação de calor não existe. Com a azáfama de chegar a um novo lugar, este ato precioso de beber água fica para trás.

2- Procura a luz do sol.

Sai e expõe-te à luz natural o máximo tempo possível no primeiro dia da viagem. A luz do sol é estimulante e diz ao teu corpo que é dia (hora de estar acordado!) e impede-o de produzir a melatonina, a hormona que te faz dormir.

3- Evita o álcool ou os comprimidos para dormir no voo

Os efeitos do álcool em altitude irão aumentar o cansaço e causar desidratação, tornando mais difícil vencer o Jet Lag.

Por outro lado, tomar pílulas para dormir em voos de longa distância também é uma má ideia. Vai ajudar a dormir profundamente durante o voo numa má posição e irás acordar confuso e cheio de dores musculares.

Um chá de ervas naturais pode substituir ambos. Pede a água quente ao tripulante.

dormir antes de viajar para evitar jetlag

4- Tem uma boa noite de sono antes do voo

Os viajantes muitas vezes dormem apenas algumas horas antes de um longo voo, seja devido à excitação ou numa tentativa deliberada de cansar-se para dormir durante o voo. É um grande erro. Ter uma boa noite de sono antes do voo vai deixar-te melhor preparado para lidar com o Jet Lag. Elimina a cafeina e come uma refeição nutritiva.

5- Escolhe o tipo de avião

Os aviões do modelo A350 e A380 são dois dos melhores aviões para viajar quando se sofre com Jet Lag. Os sistemas de humidificação e purificação (a cada 2 min) de alta tecnologia ajudam o ar a reter a humidade necessária para o nosso corpo não sentir diferenças.

Os sistemas de iluminação LED chegam a ter 16,7 milhões de tons de cores, simulam as fases naturais do dia (nascer e pôr do sol, estrelas e escuridão, etc) ajudando a evitar o Jet Lag.

Bons Passeios!

 

Artigo escrito por: Onde Andam os Duarte?

Conteúdo Relacionado