Viajar com crianças é uma aventura cheia de momentos divertidos e cativantes que criam grandes laços na família. Para tornar esta experiência mais confortável e agradável, trazemos-te 4 dicas para viajar com crianças Estamos certos de que, ao pô-los em prática e contratares um seguro de viagem para toda a família, o sucesso da tua próxima viagem estará assegurado.

viajar com crianças

4 dicas para viajar com crianças

Viajar é uma coisa maravilhosa que se pode tornar numa aventura fascinante se for também partilhada com as crianças de uma forma segura e tendo em conta certas dicas importantes. Estas dicas podem ajudar a fazer da viagem com os mais jovens da casa um verdadeiro sucesso.

1- Organiza bem os percursos das viagens, combinando actividades culturais e visitas turísticas com actividades de lazer para crianças e mais familiares.

É importante intercalar dias de visitas culturais para ver monumentos ou edifícios com dias de diversão infantil em parques temáticos, workshops infantis em museus, passeios junto à praia,tardes na piscina ou num parque. Na organização da viagem é essencial envolveres as crianças na realização das actividades, mostrando-lhes vídeos sobre os parques temáticos aos quais irão ou as actividades de aventura que vão poder experimentar.

É importante motivar as crianças a desfrutar da viagem, ensinando-lhes o valor das coisas que verão (se tiverem idade suficiente para compreender). Também é bom ver filmes ou contar histórias que tenham acontecido no destino. É até agradável inventar histórias para os motivar a “saber mais” sobre aquele lugar ainda desconhecido.

conselhos viagens com crianças

2- Prepara um itinerário de viagem divertido, com alimentos de que as crianças gostem e leva algum aparelho electrónico, como um tablet.

Especialmente se tiverem de apanhar um avião, usar um tablet ou dispositivo electrónico durante o voo pode ajudar a tornar a viagem muito mais agradável para as crianças. Recomendamos-te que alguns dias antes da viagem faças download dos filmes que os mais pequenos gostam e, se possível, de alguns jogos offline (que não necessitem Internet para funcionar). Talvez seja também motivante colocar alguns jogos novos para serem experimentados durante a viagem.

Compra alimentos que eles gostem, e que, quando consumidos de forma controlada, sejais agradável para as crianças. Vai ajudá-las a sentirem-se muito mais à vontade.

diversao viagem com crianças

3- Faz “presentes surpresa” para abrir durante a viagem.

Não há nada mais excitante para uma criança do que abrir um presente embrulhado. Às vezes basta que o presente seja uma simples revista sobre o seu artista favorito ou da sua série mais querida. Também pode ser uma boa ideia dar-lhe uma carderneta de cromos e alguns pacotes de cromos.

Outra opção para entreteres as crianças durante uma viagem pode ser um simples livro. É importante descobrir alguns dias antes da viagem quais os livros que as crianças poderiam gostar, indo a uma biblioteca ou livraria, mas sem os comprar. O factor surpresa é algo que excita as crianças e começar coisas novas é sempre motivador nesta idade.

“Começar” uma viagem “começando” um livro é um “bom começo”.

duas crianças viajam com os pais

4- Recompensas diárias pelo esforço e bom comportamento, quando apropriado.

É óbvio que as actividades mais culturais e as visitas mais sérias são mais difíceis de realizar com as crianças. É, portanto, positivo que em certos momentos da viagem recebam uma compensação que os motive a continuar com o seu bom comportamento.

Uma recompensa pode ser levá-los a comer ao McDonald’s. Costumam ter menus infantis com um pequeno boneco ou brinquedo que certamente vai alegrar o dia dos mais pequenos.

O tema de os recompensar com alimentos de que gostam, como gelados ou um lanche doce ou salgado, também pode ser algo que os convença a comportarem-se adequadamente enquanto visitam os monumentos que não são tão atraentes para eles.

Finalmente, o sucesso de uma viagem com crianças está em ser compreensivo com as suas necessidades e em ensiná-las a desfrutar do que as rodeia.

 

Artigo traduzido por Susana Almeida

Conteúdo Relacionado