Quando pensamos na Indonésia como destino de férias imediatamente nos vêm à cabeça a famosa ilha de Bali. A juntar a esta, damos um saltinho às ilhas Gili e pouco mais deste país exploramos. A verdade é que a Indonésia tem cerca de 17 mil ilhas e há muitas outras lindíssimas que merecem a sua atenção, como por exemplo a magnífica ilha das Flores. É das ilhas com paisagens mais bonitas da Indonésia, já para não falar da população local que, por ser uma ilha ainda pouco explorada, é de uma candura e simpatia contagiante. Nas Flores há praias paradisíacas, trekkings, dragões de Komodo, mergulho e até vulcões. Tudo o que precisas para ter umas férias incríveis.

Neste artigo apresentamos-te um roteiro completo pela ilha das Flores, para que a possas incluir nas tuas próximas férias. Mas antes de mais, não te esqueças de fazer o seu seguro médico internacional para umas férias em segurança.

Roteiro pela Ilha das Flores na Indonésia

labuan bajo na ilha das flores

O ponto de partida na ilha das Flores é a pequena cidade portuária de Labuan Bajo, que fica no lado oeste da ilha, bem juntinho à ilha de Komodo. Geralmente, os turistas chegam às Flores de avião desde Bali, ou de barco, desde Bali/Lombok. A aventura de barco é na verdade um cruzeiro de 4 dias que vai fazendo várias paragens no arquipélago das Flores.

É sem dúvida uma aventura a incluir se tiveres tempo já que além de parar em ilhas desertas para fazer trekkings, poderás também fazer snorkeling com mantas gigantes, visitar a pink beach, e também conhecer os famosos dragões da ilha de Komodo, tudo isto incluído no cruzeiro. Há imensas agências de turismo a oferecer este passeio, e em média partem de Bali e de Lombok 3 vezes por semana. Já os preços variam consoante a agência de turismo e o tipo de barco.

dragoes de komodo

O preço mínimo começa nos 125€ com tudo incluído, desde refeições para os 4 dias, material de snorkeling, e bilhete para a ilha de Komodo.

Caso o tempo não te permita fazer esta viagem de 4 dias, então o melhor será voar diretamente para Labuan Bajo. Aqui encontrarás vários passeios de barco de 2 dias que basicamente cobrem o mesmo percurso que o cruzeiro anteriormente referido. Portanto tens também aqui a oportunidade de visitar quer os dragões de Komodo, quer algumas das ilhas desertas adjacentes e também fazer snorkeling. Labuan Bajo é também um destino ideal para fazer mergulho e são muitas as escolas certificadas para esta prática.

lagos kelimutu na ilha das flores

O próximo destino será então assistir ao nascer do sol no vulcão Kelimutu. O Kelimutu é famoso pelos seus 3 lagos de cores diferentes, um azul turquesa, um azul escuro e um castanho. Ao longo dos tempos os lagos foram mudando de cor e a população acredita que cada lago abriga espíritos de pessoas mortas. De qualquer forma, a experiência de subir até ao cume e de assistir ao nascer do sol é algo que não podes perder por nada. Para chegar ao Kelimutu terás primeiro de voar de Labuan Bajo até Ende, onde poderás apanhar um táxi que te levará à aldeia de Moni, que fica no sopé do vulcão.

Se tiveres tempo, sugerimos que faças o percurso entre Labuan Bajo e Ende por terra, com paragens em Ruteng e Badjawa. O percurso é lindíssimo e em ambas as zonas poderás explorar as aldeias locais, algumas cascatas e cavernas. Nestas zonas apenas existem simples guesthouses, mas a experiência vale muito a pena.

ilha de padar em komodo

Chegando a Ende, é necessário apanhar um táxi que te levará à vila de Moni, que fica a cerca de 2h. O preço do táxi varia muito, mas um preço aceitável são 400 mil rupias. Também existe a opção de autocarro, mas não há horários ou preços fixos.

Já em Moni, é hora de descansar e de te preparares para acordar bem cedo e assistires ao nascer do sol. Para chegar até ao vulcão podes alugar uma mota e fazer o percurso de forma independente ou então fechar um tour de carro com o teu hotel (300 mil rupias). Há também quem comece bem cedo, por volta das 2h30 da manhã e faça o percurso todo a pé. O tour começa por volta das 3h30 para que, às 4h da manhã, estejas já na entrada do parque natural. Daqui até ao ponto do nascer do sol serão uns 20/30 minutos a pé. A intensidade não é alta, mas faz muito frio, pelo que convém ires agasalhado. Chegando lá cima vais encontrar várias senhoras que vendem chá e café bem quentinho, o que é uma delícia àquela hora da manhã. Procura um local para te sentares e desfruta deste belíssimo espetáculo de cores.

pessoas na praia na ilha das flores

O ideal será guardares pelo menos 6 dias para explorar a ilha das Flores, mas 4 podem ser também suficiente. O importante é que não percas a oportunidade de visitar uma das mais belas e paradisíacas ilhas da Indonésia. Prometemos que não te vais arrepender.

 

Autora:  Patrícia Carvalho

Conteúdo Relacionado