Se um dia te dissessem que ias viajar pela Amazónia, não acreditavas, pois não? Primeiro, porque é um daqueles sítios mágicos que só conheces porque vês imagens na televisão ou porque aprendes na escola que é lá que vivem mais de 212 espécies de mamíferos e 195 de répteis. E depois porque pensar nisso é somente um sonho. Mas os sonhos, por vezes, tornam-se realidade. E hoje nós da IATI Seguros vamos concretizar-te esse sonho.

Podes não chegar a estar na Amazónia fisicamente, mas depois de leres este texto, vais sentir que, por breves momentos, estiveste lá… E sentiste tudo aquilo que poderias sentir e viver! Mas se fores mais além e quiseres mesmo viajar até à Amazónia, não te esqueças de contratar o seguro de viagem ideal para uma experiência destas. Já sabes que estamos preparados com os melhores planos até para estas aventuras mais especiais! Por isso, neste caso, aconselhamos-te o nosso plano IATI Mochileiro, que conta com salvamento e desportos de aventura incluídos.

Vamos então até estas florestas selvagens, onde a aventura e a adrenalina são colocadas em ação?

panoramica da floresta amazónica

O que ver na Floresta Amazónica?

A Amazónia ou Floresta Amazónica cobre a maior parte da Bacia Amazônica da América do Sul, sendo que esta Bacia abrange 7 milhões de quilómetros quadrados. Toda esta região inclui territórios pertencentes a 9 nações: Brasil, com 60% da floresta, seguida pelo Perú, Colômbia, Venezuela, Equador, Bolívia, Guiana, Suriname e França (Guiana Francesa).  Como vês, esta grandiosa floresta não é pequena e cada nação tens as suas peculiaridades. Por isso, hoje escolhemos levar-te até à Amazónia Colombiana!

Iniciamos viagem pelo rio Amazonas que, com 6800 quilómetros, é o maior do mundo. É difícil definir a cor deste rio, que varia entre o castanho e o verde, entre a sujidade e as milhares de histórias que devem já ter passado por ali. E enquanto viajas por esta imensidão de água, por este rio com uma cor tão peculiar, percebes que tens tanto para descobrir e para aprender. E que a história ainda nem começou…

As Comunidades

Há muitas comunidades na Amazónia, todas tão diferentes das outras; cada com os seus costumes e tradições e cada com o seu dialeto. Mas para se entenderem entre si, utilizam o espanhol como língua mãe. Todas as comunidades têm um chefe e ainda existe o chefe dos chefes. Se te queres aventurar pela Amazónia, nós aconselhamos-te a escolher uma comunidade para te acolher e te adotar como um novo membro da família. Existem algumas tours que já permitem esta inclusão, tais como, a Coya Amazonas Tours. Esta última é criada e gerida pela própria comunidade onde te vais inserir. Vais sentir que estás numa nova civilização. Mas mais do que sentir isto, vais vivê-lo. Vives com uma comunidade tão diferente, em que não existem horários, rotinas ou apitadelas no trânsito. E isto é uma das coisas mais magníficas de viajar pela Amazónia. Conhecer as diferenças de culturas, de tradições e de costumes e perceber que, mais do que tudo isto, há pessoas. Pessoas tão diferentes de nós mas que, lá no fundo, têm tanto em comum, desde a amabilidade, cooperação, companheirismo, simpatia e humanidade.

casas de uma das comunidades que vive na amazonia

Sentes que voltas ao passado, aos nossos ancestrais; que vais ser um deles e que vais fazer tudo o que for possível para conseguir sobreviver. A procura de alimento, as mezinhas que ajudam a curar doenças ou as festas em que todas as comunidades se juntam… Apesar de tudo isto, há comunidades desenvolvidas, em que há eletricidade durante algumas horas do dia e em que os filhos mais novos da família vão para a universidade estudar, no entanto, regressam a casa depois disso, para aplicarem todos os seus conhecimentos na comunidade. As mulheres continuam a trabalhar em casa e os homens pescam e caçam, mas já se fala de direitos de igualdade. Há pouca troca de dinheiro, as pessoas trocam entre si coisas que necessitam realmente.

E tu ali tornas-te um deles. Se for preciso pescares, tu vais pescar. Se for preciso subir a uma árvore para apanhar um fruto com um nome muito estranho, tu vais fazê-lo e irás devorá-lo, de imediato, mesmo que não seja a melhor coisa que comeste na vida. Mas ali, naquela situação e naquelas circunstâncias, vai ser.

Eles são pessoas especiais e tu vais viver isso de perto. Eles comunicam com os animais e usam tantas plantas para tantas doenças, porque acreditam que faz bem. Porque acreditam! E às vezes é tão difícil para nós conseguir acreditar, seja no que for…

guia nativo da amazonia com grupo de turistas

Fauna e Flora

Viajar pela Amazónia leva-nos a paisagens míticas, a conhecer animais misteriosos e que não existem em mais nenhum lado, a árvores milenares e a frutos que nunca tínhamos imaginado existirem.

Encontras tudo o que quiseres, tudo aquilo com que sonhaste um dia. Encontras plantas grandes e pequenas, umas verdes, outras amarelas e outras roxas. Encontras plantas nativas que servem para todo o tipo de chás e que curam muitas doenças, desde constipações, a diarreias ou até mesmo a febres. As “mezinhas”, vindas destas plantas, podem salvar vidas e a forma como acreditam e respeitam isso é “meio caminho andado”. Acreditar. Sim, na Amazónia, tu acreditas de verdade. Acreditas que tudo será possível e que até os impossíveis se transformam.

Tens milhares de animais, muitos deles que não estão sequer estudados, dizem por ali que os “doutores têm dificuldade em comunicar com as comunidades”. Para além destes animais, que são sagrados, existem os peixes, de todas as formas e feitios e que são a principal base da alimentação.

A vida na Amazónia refaz-se a cada instante, mas até quando é que isto será possível?

macacos numa arvore na amazonia

Passeios de Canoa

Imagina-te numa canoa, com mais três ou quatro pessoas, nesse tal rio Amazonas que já te falamos, onde não sabes o que está naquelas águas de tantas cores; mas uma coisa é certa, há crocodilos. E como se não bastasse, nessa mesma canoa, que com um sopro maior do vento, pode virar-se, vais à procura desses mesmos crocodilos de que tens medo (ou respeito), mas pelos quais também nutres uma curiosidade imensa. Mas isto tem de ser feito à noite. E convém que um desses crocodilos não vire a canoa. Aventuras-te? Este é um dos programas que não podes perder na tua próxima viagem à Amazónia!

crocodilos no rio amazonas

Experiências memoráveis

Podes pescar, podes comer caracóis gigantes típicos da zona, podes cozinhar com as comunidades, podes subir às árvores no meio da selva, podes ver os golfinhos cor-de-rosa no rio Amazonas, podes ver um pôr do sol incrível ou podes simplesmente deitar-te numa cama de rede e ouvir todos os sons que emergem à tua volta. E será diferente de tudo aquilo a que estás habituado. A todos os níveis, e em todos os sentidos – desde a audição, à visão, ao paladar, ao tato e até mesmo ao cheiro. Irás emergir num novo mundo dos sentidos, com experiências memoráveis e ultrapassas tudo. Ultrapassas os milhares de bichos que te querem morder, ultrapassas o medo de matar um animal para comer; ultrapassas o medo dos barulhos que ouves a toda a hora; o medo das chuvas que parecem que vão  destruir toda a aldeia; ultrapassas o medo de não poderes seres quem és; ultrapassas-te a ti próprio e vais buscar forças a toda a aventura que vives no momento. Portanto, se viajares com um bom e adequado seguro da IATI seguros para a Amazónia, não precisas de ter medo. Precisas somente de saber viver e aproveitar cada minuto como se fosse o último, tal como o mítico “Carpe Diem”.

viagem de barco pela amazonia

Autores: TravelB4Settle

Conteúdo Relacionado