Jericoacoara, conhecida pelos habitantes e visitantes simplesmente como “Jeri”, é um dos destinos mais exclusivos do Brasil.

A 300 km de Fortaleza. Aqui as areias são brancas, a água é azul e a vida é simples. Na verdade, o local ainda mantém a identidade de uma vila de pescadores, onde os carros são proibidos e tem apenas três estradas principais.

A IATI, lider na contratação de seguros de viagem online, mostra-te o que ver e fazer na tua próxima viagem para Jericoacoara, para que não percas pitada de tudo o que esta maravilhosa cidade tem para oferecer.

barco atrcado na praia com o lema 'eu amo Jeri' na vela

Viajar para Jericoacoara

A vila fica localizada entre um magnífico parque nacional e o mar, que atrai os viajantes com sua combinação perfeita de localização de difícil acesso (o acesso é feito por trilhos não pavimentadas nas dunas), paisagens costeiras deslumbrantes, atividades excitantes, boas pousadas, deliciosos restaurantes e divertida vida noturna.

Durante o dia, as praias, dunas e lagoas são dignas de fotografias de postais turísticos. À noite, iluminada pelo luar, pelas luzes das lojinhas e restaurantes agradáveis, exala a atmosfera tropical.

Embora não seja o tranquilo refúgio hippie de outrora, o fascínio de Jeri permanece inegável e é uma visita obrigatória em qualquer itinerário pelo Nordeste brasileiro.

ruas de areia na cidade de jericoacoara

É muito seguro viajar pelo Brasil, no entanto, deves ir sempre preparado para qualquer eventualidade, e conseguir estar 100% relaxado. A IATI recomenda que faças o Seguro IATI Mochileiro, pois tem uma elevada cobertura médica, de 100.000€, e as nossas coberturas clássicas com outras especiais, tais como a de desportos de aventura (Jericoacoara tem de sobra!), procura e salvamento ou equipamentos informáticos na bagagem.

Esta apólice do nosso seguro de viagem mochileiro é oferecida com uma cobertura de despesas de cancelamento até 2.000 €, para o caso de não poderes partir de viagem por algum dos motivos descritos na apólice.

A praia de Jericoacoara situada numa vila de pescadores e isolada por enormes dunas de areia era desconhecida, até para os brasileiros, até ao dia que o jornal Washington Post (1994) publicou um artigo sobre praias exóticas e desconhecidas no mundo. E heis que Jeri consta da lista!

praia de jericoacoara escondida nas dunasO problema era, e é, lá chegar. Não é fácil. Jericoacoara não é para quem não gosta de longos percursos, jipes, pó e cabelos ao vento.

Desde Fortaleza, são 8 horas de percurso por estrada e mais cerca de 2 horas por dunas irregulares, numa área conhecida pelo vento.

Esta vila apenas começou a ter alojamento disponível quando em 2004 a Lonely Planet a elegeu como a melhor praia do mundo, e os investidores viraram a sua atenção para lá.

Portanto, a vila que tinha visitantes aventureiros que dormiam nas camas de rede nas casas dos pescadores, passou a ter hotéis e albergues de luxo disponíveis que atraíram os viajantes mais abastados.

O que visitar em Jericoacoara?

Se estás em Jericoacoara não podes perder este roteiro com os lugares mais famosos:

Árvore-da-preguiça

arvore da preguiça com os ramos na areia

O nome da árvore deve-se à dificuldade da árvore em crescer para cima, devido ao forte vento, parece que ela rasteja pelo chão. Os ramos estendem-se por cerca de 4 metros de distância da árvore.

Praia do Preá

barco atracado com letras que formam a palavra Preá e mar no fundo

Trata-se duma praia de fortes ventos, banhada pelo Oceano Atlântico. A Praia do Preá é cercada por muitas atrações naturais, como lagoas, coqueiros e manguezais. E é o local onde estão a maioria dos praticantes de kitesurf.

Lagoa Azul

A água é muito clara e a cor varia dependendo do clima e da época do ano. A lagoa também tem redes para relaxar e aproveitar a água da lagoa.

Lagoa do Paraíso

redes para descansar dentro de agua na lagoa do paraiso

Vais encontrar águas cristalinas e areias brancas com redes convidativas.

A entrada é feita por um clube de praia com boas infraestruras, restaurante e bares.

Pedra Furada

vista panoramica da pedra furadaUm dos símbolos de Jeri é uma pedra muito alta e, como o nome sugere, com um buraco no meio. A maré baixa é a melhor época para chegar à pedra. Tanto a atração principal como todo o percurso oferecem a oportunidade de tirar belas fotos.

Se vais viajar para Jericoacoara não te esqueças de várias coisas

vista aerea da praia da lagoa do paraiso

– Não há máquinas de multibanco, e nem todos os estabelecimentos têm pagamentos com cartão.

– As ruas não são pavimentadas, são de areia fofa. Sapatos de salto alto ou fechados, não fazem sentido.

– Não há iluminação pública. A luz provém apenas dos edifícios.

– O único meio de transporte disponível são buggies ou camiões de caixa aberta, que fazem de táxi, levam e trazer mercadorias, etc. Ou de carroças puxadas por cavalos.

– Há burros, cavalos e cães à solta. Embora pareçam vaguear sem destino, literalmente por todo o lado, têm donos.

– Existe um centro de saúde e uma farmácia. Se precisas de medicamentos específicos, não te esqueças de os levar contigo.

– Aproveita! Estás num dos destinos mais exclusivos do Mundo!

 

Autores: Onde andam os Duarte?

Conteúdo Relacionado