Itália é um destino popular entre os portugueses e hoje a IATI Seguros vem sugerir-te uma escapadinha até à cidade de Bolonha. É a terra dos palazzos, pórticos e do molho à bolonhesa.

Mas antes de nos fazeres companhia, não te esqueças que mesmo em deslocações de curta duração na Europa deves viajar sempre com seguro.

Assim, e se és um viajante frequente, recomendamos que contrates o IATI Bloggers e Grandes Viajantes, na modalidade Anual Multiviagem, e assim estarás protegido em todas as viagens inferiores a seis meses de duração que faças no período de um ano.

Prático, não é?

Vamos, então, às nossas dicas do que fazer em Bolonha, uma cidade italiana que tens mesmo de conhecer.

O que fazer em Bolonha:

Fontana del Nettuno

A Fonte de Neptuno é de autoria do artista italiano Giambologna e está localizada na Piazza del Nettuno.

A figura central é Neptuno, o deus do mar, construído em bronze, e surge acompanhado das respetivas ninfas.

Este é o ponto de encontro de excelência para locais e turistas, uma vez que é um sítio que toda a gente conhece.

A fonte fica particularmente movimentada na altura do happy hour, quando as pessoas saem do trabalho e se encontram para tomarem um copo antes do jantar.

Tem esta informação em consideração pois se combinares encontrar-te com alguém nessa altura junto à fonte, vais perceber que toda a gente teve a mesma ideia.

Fonte de Neptuno Estátua Bolonha

Piazza Maggiore

A Piazza Maggiore, ou Praça Maior, é o ponto central de Bolonha. Está rodeada de edifícios históricos magníficos e por isso compreendemos que te sintas um pouco baralhado por não saberes muito bem para onde olhar.

Para te ajudarmos podemos dizer que da Praça Maggiore vais poder observar a Basílica de São Petrónio (falamos mais à frente desta basílica), O Palazzo d’Accursio (ou Palazzo Comunale), o Palazzo dei Banchi e o Palazzo del Podestà.

Além disso, se visitares Bolonha nos meses de verão, conta com um benefício extra: a colocação de cadeiras na praça pois são habituais as noites de cinema ao ar livre.

Lembra-te que a região central de Itália é bastante quente durante o verão, por isso as atividades que ocorrem durante o período noturno são bem-vindas.

Vais também gostar de saber que existem lojas, cafés e restaurantes, muitos deles com esplanadas, para poderes apreciar convenientemente o movimento que se vive na Piazza Maggiore.

Basílica de São Petrónio

Dizem que a Basílica de São Petrónio foi construída para ser a maior do mundo. Infelizmente ficou inacabada e essa situação comprova-se, por exemplo, ao observar a fachada cuja parte inferior está ricamente decorada com mármores em tons rosa e branco e a parte superior surge em tijolo, completamente despida de ornamentos.

Tem cento e trinta e dois metros de comprimento, sessenta metros de largura e cinquenta e um metros de altura, além de uma capacidade para albergar vinte o outro mil pessoas.

No total, são vinte e duas capelas!

Os números são realmente impressionantes e atualmente esta é a décima quinta maior igreja do mundo.

É dedicada a São Petrónio, o Santo padroeiro da cidade de Bolonha.

Basílica de São Petrónio

As Torres Asinelli e Garisenda

Diz a verdade, se falarmos em torres inclinadas vais pensar em Pisa, certo?

Pois em Bolonha não existe uma mas sim duas torres inclinadas e que dão pelo nome de Asinelli e Garisenda.

As inclinações são diferentes nas duas torres, mas não deixa de ser interessante observar aquelas torres com vários metros a desafiarem a gravidade.

E já sabes, as possibilidades de fotografias engraçadas para as tuas redes sociais são infindáveis!

Experimentar “Ragu”, o autêntico molho à bolonhesa.

Gostas de comida italiana? Então estás no sítio certo.

Podes achar estranho mas não vais conseguir encontrar por exemplo “esparguete à bolonhesa” na cidade de Bolonha. E sabes porquê? Porque lá chamam-lhe outra coisa: Ragù.

O Ragù é o molho à base de carne picada e tomate que os portugueses conhecem como molho à bolonhesa.

Assim, podes saborear o autêntico molho em pratos como lasanha, tagliatelle, fettuccine ou tortelinni, a massa recheada que teve origem na região de Bolonha.

Restaurante Comida Italiana Bolonhesa

Por fim, diz-nos, convencemos-te a visitares Bolonha? Temos a certeza que sim. Vai e diverte-te muito.

A IATI Seguros deseja-te boas viagens!

 

Artigo escrito por: Passaporte no bolso

Conteúdo Relacionado