De praias paradisíacas de areias douradas e águas cristalinas, a luxuriantes mantos verdes de perder de vista e antigas roças perdidas no meio da floresta, São Tomé e Príncipe é um dos destinos mais fascinantes no continente africano. Faz o teu seguro de viagem online com a IATI e começa já a planear a tua próxima aventura por este arquipélago incrível, seguindo as dicas que te damos neste artigo sobre o que fazer e visitar em São Tomé e Príncipe.

areia dourada e azul cristalina na praia coco

O que fazer e visitar em São Tomé e Príncipe

Estas são apenas algumas ideias que te damos, mas temos a certeza de que em São Tomé a diversão e o lazer não vão faltar nas tuas próximas férias!

Passar alguns dias na Ilha do Príncipe

vista aerea da praia banana na ilha do principeApesar de a Ilha do Príncipe ser consideravelmente mais pequena que a de São Tomé, é frequentemente descrita como sendo “ainda mais bonita” que a sua ilha irmã. Um mergulho em praias dignas de postal como a Praia Banana (ou Praia das Bananas), uma visita à Roça Sundy ou à Roça Terreiro Velho (de onde vem o cacau usado na produção dos chocolates Corallo), são atividades que não podes perder na Ilha do Príncipe.

Percorrer uma das estradas mais bonitas do mundo

A estrada que segue em direção a Santa Catarina, no lado Oeste da Ilha de São Tomé, não deixa ninguém indiferente. Ladeada de um lado por uma vegetação luxuriante, banhada pontualmente por pequenas cascatas, e do outro por uma série de palmeiras que pendem arqueadas sobre o mar, é considerada uma das estradas mais bonitas do mundo.

Visitar a Boca do Inferno

ruinas da roça agua izé com vegetaçao e palmeirasA caminho do sul encontras a versão São-tomense da Boca do Inferno, que ganhou o seu nome pela forma violenta como as ondas batem nas rochas naquele local. A sua origem está ainda ligada a uma antiga lenda que diz que o antigo Governador da Roça Água Izé, de tanta maldade que tinha, quando ia de férias a Portugal, montava-se no seu cavalo e atirava-se para a Boca do Inferno, saindo diretamente na Boca do Inferno em Cascais.

Dar um mergulho na Lagoa Azul

aguas azuis turquesa e vegetaçao verdejante na lagoa azulQuem passa pela estrada a caminho de Neves, depois de Guadalupe, no Norte de São Tomé, e olha para o lado direito não consegue ficar indiferente à águas azul-turquesa da Lagoa Azul. É o local ideal para dares um bom mergulho refrescante ou para fazeres snorkelling.

Comer uma santola no Restaurante Santola

Localizado na povoação de Neves, no norte de São Tomé, o restaurante Santola é especialista em… Santola, claro. São absolutamente deliciosas, especialmente quando acompanhadas por uma cerveja Rosema bem fresquinha.

Visitar as antigas Roças de Cacau e Café

vista das ruinas da antiga roça sundyÉ impensável ir a São Tomé e Príncipe e não visitar as antigas Roças de Cacau e Café que se encontram espalhadas pelas 2 ilhas que compõem o arquipélago. Apesar de a maioria se encontrar hoje em ruinas, a Roça Água Izé, a Monte Café e a Roça São João, na ilha de São Tomé, são algumas das poucas que foram sendo recuperadas ao longo dos anos e que hoje ainda se mantêm em funcionamento.

Visitar a Fábrica de Chocolates Corallo

claudio corallo posa numa das suas plantaçoes de cacao em sao toméA Fábrica de Chocolates Corallo é um ponto de visita quase obrigatório para qualquer apreciador de chocolates. E estes são, sem dúvida alguma, um dos melhores do mundo. Todas as segundas, quartas e sextas-feiras, às 16h30, a Fábrica oferece uma sessão de apresentação e prova de todos os chocolates que produzem. No final da apresentação terás a oportunidade de comprar algumas caixas para levares para casa como recordação.

Visitar o Padrão dos Descobrimentos

Em Monteforte, no norte da Ilha de São Tomé, o Padrão dos Descobrimentos marca o local onde os navegadores portugueses João de Santarém, Pêro Escobar e João de Paiva desembarcaram pela primeira vez em 1470 em São Tomé.

Visitar o Forte de São Sebastião (Museu Nacional de São Tomé e Príncipe)

farol vermelho e branco e casas no interior doe forte de sao sebastiaoO Forte de São Sebastião, também conhecido como o Museu Nacional de São Tomé e Príncipe, está localizado no extremo sul da baía de Ana Chaves, na capital de São Tomé. É um dos poucos edifícios históricos em São Tomé que se mantêm excecionalmente bem conservados. No seu interior encontras a história completa do arquipélago de São Tomé e Príncipe, sendo a visita acompanhada por uma dos guias que lá se encontram, por apenas €2.

Visitar o Ilhéu das Rolas e cruzar a linha do Equador

marcação sobre onde passa a linha do equador no ilheu das rolas

O Ilhéu das Rolas, a cerca de 15 minutos de distância de barco do sul de São Tomé, é um pequeno paraíso feito de praias de areia branca e águas cristalinas, localizado mesmo por cima da linha do Equador. Poderás ficar lá alojado ou então optar por uma visita de 1 dia com partida das praias do sul de São Tomé.

Visitar a Casa Museu Almada Negreiros

A Casa Museu Almada Negreiros, localizada no centro da Ilha de São Tomé, na Roça Saudade, surgiu da ideia e iniciativa de um jovem Guia Turístico chamado Joaquim Cabangala Victor. As ruinas da casa onde nasceu Almada Negreiros em 1893 foram totalmente recuperadas sendo hoje um museu inteiramente dedicado ao artista de origem São-tomense, composto por objetos recuperados das ruinas, e outros gentilmente cedidos por visitantes de Portugal. No local existe ainda um restaurante com uma vista fantástica.

Visitar o Mercado antigo de São Tomé

pessoas vendem os seus produtos no mercado antigo de sao tomeNão percas a oportunidade de visitar o ambiente típico e genuíno dos mercados da capital de São Tomé. As pessoas são de uma simpatia incrível e é fascinante ver a variedade de peixes e fruta que por lá se encontram.

Fazer mergulho e snorkelling

São Tomé tem alguns locais incríveis para a exploração da vida subaquática como o Ilhéu das Rolas, o Ilhéu de Santana, Sete Pedras, Lagoa Azul, São Miguel, Kia e Diogo Vaz. O Diving Center São Tomé e Principe, localizado na marginal em São Tomé, perto do aeroporto, é um dos centros de mergulho através dos quais poderás descobrir a extraordinária vida marinha aquática da ilha.

 

Autora: Maria João Proença, Joland Blog

Conteúdo Relacionado