Antes de começares a sonhar com banhos em charmosos cenotes e praias, visitas a ruínas maias ou banquetes com tacos e burritos, é imprescindível que consultes os requisitos e documentos para viajar ao México em 2021. É necessário visto? Pedem documentos adicionais? O aparecimento de covid-19 aumentou os requisitos necessários para viajar para o México? Na IATI Seguros, apaixonados por este país mágico, vamos responder a estas e outras dúvidas frequentes que nos colocam os nossos viajantes.

Lê e descobre os documentos e requisitos para viajar para o México em 2021.

Viajar e Covid-19, podemos viajar para o México em 2021?

Sabias que o México foi dos poucos países que permaneceu aberto durante a pandemia?

Ou seja, se estás a querer dar a ti mesmo umas merecidas férias desfrutando de ruínas maias com milhares de anos, vilas e cidades charmosas e praias paradisíacas, podes fazê-lo agora. De facto, as autoridades mexicanas não exigem a realização de um teste de PCR antes de viajar, apenas o preenchimento de um formulário com os dados do voo, no caso de ida de avião. Mesmo assim, verifica bem os requisitos para viajar para o México que apontamos neste artigo, já que os funcionários da imigração estão mais atentos do que nunca.

Como está a situação no México devido ao COVID-19?

Viajar para o México é seguro mesmo com o covid-19? A verdade é que, como em todo o mundo, não é seguro a 100%. O país sofreu uma grande onda em janeiro de 2021 e, apesar de estar mais controlado, o número de infecções tem vindo a crescer nas últimas semanas, principalmente em alguns estados. Especialistas acreditam que no caso de Baja California Sur, Yucatán e Quintana Roo pode ser devido ao turismo e ao possível surgimento de novas variantes. Portanto, será necessário estar atento a esta evolução.

Em relação às vacinas, o estado mexicano já inoculou mais de 47,2 milhões de frascos contra COVID-19. Isso significa que 15,5% da população já se encontra vacinada.

O México segue um esquema do semáforo de risco epidémico pelos estados e toma medidas de acordo com a taxa de infecções. De momento (meados de julho 2021), não há nenhum estado em vermelho, o que indica que encontrarás todos os negócios abertos, embora com algumas limitações de capacidade e seguindo medidas básicas de prevenção, especialmente em estados turísticos como Quintana Roo (Riviera Maya), Yucatán e Baja California que, pelo que indicamos acima, ainda estão em laranja. Por outro lado, a Cidade do México ficou amarela no dia 21 de junho, depois de estar verde por algumas semanas, então também encontrarás restrições. O uso da máscara é obrigatório, mesmo na rua.

E os centros médicos?

Infelizmente, existem centros médicos de qualidade nas grandes cidades, mas os hospitais públicos e alguns hospitais privados estão atualmente saturados pela pandemia de covid-19. O atendimento médico privado é caro e, na maioria dos casos, é necessário um depósito prévio. O Ministério dos Negócios estrangeiros reforça a conveniência de usufruir de seguro de saúde amplo, dados os preços elevados praticados, já mencionados pelas diferentes unidades hospitalares. A atenção médica pública é gratuita mas é muito insuficiente, encontrando-se as instalações sobre-lotadas, sendo prática comum da população mexicana de classe média-baixa e superior a utilização de serviços de saúde privados.

O teu melhor aliado para viajar ao México é o IATI Mochileiro. Não só estarás coberto contra eventuais despesas médicas, incluindo as de contrair a covid-19, até 500.000 euros, mas também estaremos à tua disposição 24 horas no caso de teres de ser repatriado, regressar com antecedência porque faleceu um familiar ou por estar hospitalizado ou em caso de perda ou roubo da tua bagagem. Além disso, esta é uma política todo-o-terreno, que inclui também o apoio para desportos de aventura como o snorkeling, o mergulho até 40 metros ou a caminhada, que provavelmente planeias praticar neste maravilhoso país.

Vista aérea de Guanajuato no México

Seguro de viagem, documento indispensável

Com certeza o que menos queres nesta viagem é passar algumas horas ou dias no hospital, correto? No entanto, acidentes acontecem. Uma simples entorse de tornozelo em Chichén Itzá, um corte durante o mergulho livre nos recifes de Mahahual ou indigestão comendo burritos são coisas que podem acontecer a qualquer pessoa. Se adicionares a isso a possibilidade de Covid-19, e já tendo em conta que os cuidados médicos podem ser caros no México, viajar sem seguro de viagem não é recomendável. Portanto, não é surpreendente que o Ministério dos Negócios Estrangeiros em Portugal reforce que é essencial viajar com o seguro, o mais amplo possível.

Na IATI temos o seguro perfeito para a tua viagem ao México: o IATI Mochileiro. Ideal para viajantes aventureiros! Entre as suas coberturas mais importantes estão:

  • Até 500.000 euros de cobertura e assistência médica;
  • Cobertura Covid-19, incluindo assistência médica, convalescença em hotel e repatriação;
  • Cobertura para desportos de aventura;
  • 100% das despesas de repatriação;
  • Roubo e danos à bagagem com cobertura até 1.500 euros;
  • E muito mais!

Não esperes mais e faz um seguro para esta aventura.

seguro de viagem para o mexico 2021

É necessário visto para viajar para o México?

Os portugueses não precisam de visto para viajar até ao México se ficarem menos de 180 dias e não realizarem nenhuma atividade pela qual vão receber retribuição financeira. Os portugueses que vão realizar as seguintes atividades também podem viajar para o México sem visto:

  • Negócios: participação em reuniões, visitas de supervisão, workshops, consultoria ou trabalhos técnicos no México pelos quais não receberão remuneração no México (permanecerão menos de 180 dias e continuarão a receber a sua remuneração em Portugal ou local de origem);
  • Trânsito;
  • Atendimento Público;
  • Atividades Artísticas, culturais, educativas, desportistas, de jornalismo;
  • Assistir a conferências, feiras e congressos.

Ora, se vais viajar para o México por um motivo diferente dos anteriores ou se planeias ficar mais de 180 dias, precisarás de solicitar um visto na embaixada ou consulado mais próximo. Em caso de dúvidas, é melhor consultares com os mesmos para não te surpreenderes à chegada.

É necessário teres o teu passaporte para viajares para o México, com uma validade mínima de seis meses à data de saída do México.

Duas mexicanas com trajes coloridos e com cesto na mão

Documentação para viajar para o México em 2021

Como podes ver, não precisas de visto para viajar para o México, se vais viajar como turista por menos de 180 dias. No entanto, precisas ter outra documentação para viajar para o México, que tem assumido uma relevância especial nestes tempos de Covid-19, já que os funcionários da imigração estão a ser mais meticulosos e corres o risco de não seres admitido no país se não os tiveres.

A documentação para viajar para o México em 2021 é a seguinte:

  • Passaporte português, com validade mínima de seis meses à data de saída do México;
  • Formulário Migratório (FMM) preenchido. Este documento ser-te-á entregue no avião ou na passagem da fronteira terrestre, embora também possa ser preenchido online neste link. Neste último caso, terás que imprimi-lo. Lembra-te de que, ao sair do México, terás que mostrar o recibo do FMM, portanto, guarda-o bem. Se o perderes, deves comunicar a perda a um órgão do Ministério Público. Ao sair do país deverás apresentar denúncia de furto ou extravio;
  • Cópia do bilhete de saída do México;
  • Algum documento que comprove o motivo da tua viagem. Se fores turista, terás que mostrar as reservas de hotel e / ou tour. Caso vás visitar familiares ou te hospedares noutro tipo de local, poderás fornecer os dados dessas pessoas (endereço, telefone, nome e sobrenome);
  • Preenche o formulário Mexico Vuela Seguro, que será solicitado na chegada.
  • Outros documentos que o agente de imigração julgue necessários. Por exemplo, um documento que comprove a tua solvência financeira, ou seja, que possuis recursos financeiros suficientes para cobrir a tua estadia e alojamento. Não é um documento obrigatório para viajar para o México. Nenhuma documentação específica é pedida, mas um extrato bancário ou dinheiro geralmente tendem a funcionar. Outro documento que pode ser solicitado é o comprovativo do seguro de viagem para o México. É especialmente importante em tempos de covid-19, pois indicará que estás disponível financeiramente para despesas a ver com  saúde e repatriação, entre muitos outros.

É melhor levares todos estes documentos impressos para viajar para o México. Às vezes, os funcionários da imigração não permitem que uses o telemóvel ou pode acontecer a situação de ficares sem bateria.

Caveiras típicas do día de los muertos no México

Vacinas para viajar para o México

A Secretaria de Saúde não exige nenhuma vacinação obrigatória entre os requisitos para viajar para o México. No entanto, o mais aconselhável é ir a um centro internacional de vacinação pelo menos 3 semanas antes da viagem e pedir a um médico para te indicar o que é mais adequado para o teu caso. Recomenda-se que muitos viajantes sejam vacinados para prevenir hepatite A e B e tifo, entre outras vacinas.

O Ministério dos Negócios Estrangeiros destaca que, no México, existe o risco de contrair doenças como dengue, chikungunya e zika, principalmente nos meses mais quentes e chuvosos. No México, vão de maio a novembro, especialmente nos estados de Chiapas, Oaxaca, Guerrero, Tabasco e Veracruz, e menos intensamente em Nuevo León, Jalisco, Michoacán, Yucatán, Nayarit e Sinaloa. Embora geralmente não sejam fatais, eles representam riscos para pessoas com um sistema imunitário fraco, mulheres grávidas, crianças ou idosos.

São transmitidas através de picadas de mosquitos, portanto, a chave para evitar o contágio é preveni-las. Um bom conselho é usar camisas de manga comprida e calças compridas, usar repelentes de mosquitos e evitar locais e horários propensos à proliferação desses insetos, quando possível.

Quanto à Covid-19, entre os requisitos para viajar ao México não está ter sido vacinado ou fazer um teste de PCR antes de voar. Embora não seja obrigatório, é importante que estejas protegido com um seguro de viagem à altura que ofereça as melhores coberturas para este destino como o IATI Mochileiro.

Chichen itzá na península de Yucatán

Carta de condução para o México

Se os teus planos de viagem incluirem alugar um carro ou uma mota deves saber que a tua carta de condução portuguesa não é válida no México.

Neste casos, deverás pedir a emissão da Licença Internacional de Condução, que te habilita a conduzir nos países em que a carta de condução portuguesa não é válida. A LIC pode ser emitida pelo Instituto de Mobilidade e dos Transportes (IMT) e pelo Automóvel Clube de Portugal (ACP).

Para conduzir em segurança, aconselhamos alugar veículos discretos e evitar dirigir à noite na estrada. Tenta deixar o teu carro num estacionamento vigiado e mantém os teus objetos de valor fora de vista. Como em qualquer viagem, analisa detalhadamente as condições do seguro automóvel.

Ora, se durante esta viagem tiveres sofrido um acidente, também estarás coberto com o teu IATI Mochileiro, graças à cobertura incluída para danos pessoais em acidentes com veículos motorizados.

Registo dos viajantes do Ministério dos Negócios Estrangeiros

Recomenda-se aos viajantes que se ausentem de Portugal o registo das suas viagens através da aplicação “Registo Viajante”.

É voluntário e gratuito mas o Ministério dos Negócios Estrangeiros aconselha, pois facilita a ação das autoridades portuguesas perante a ocorrência de eventuais situações de emergência com cidadãos nacionais no estrangeiro.

O registo na aplicação “Registo Viajante” permite receber informações sobre as condições de segurança, ter acesso aos contactos das representações diplomáticas e consulares de Portugal e tem ligação direta ao Gabinete de Emergência Consular.

Documentos e requisitos para viajar para o México em 2021: perguntas frequentes

O que preciso para viajar de Portugal para o México?

Não é necessário visto se vais visitar o país como turista e por um período inferior a 180 dias. No entanto, serão solicitados outros documentos como cópia da passagem de saída do país, cumprimento do Formulário Migratório (FMM), reservas de hotel ou contactos das pessoas que vais visitar e, em alguns casos, amostras da tua solvência económica, como uma apólice de seguro de viagem para o México. Lembra-te de que, devido à Covid-19, os funcionários da imigração são mais cautelosos do que noutras ocasiões, portanto, reúne o máximo de informações possível para evitar problemas.

Existem requisitos especiais para viajar ao México devido ao Covid-19?

O México é um dos poucos países que não exige uma vacinação prévia ou teste de PCR, mas pede aos viajantes que entram por via aérea que preencham um formulário online chamado México Vuela Seguro. Certifica-te que atendes a todos os requisitos para viajar para o México, porque os funcionários da imigração estão mais atentos do que nunca.

Existem vacinas obrigatórias para viajar para o México?

Não, não há vacinas obrigatórias para viajar para o México. No entanto, vale a pena ir ao centro de vacinação internacional mais próximo para receber recomendações adaptadas às tuas necessidades.

A carta de condução é válida no México?

Não. É necessário pedir a emissão da Licença Internacional de Condução (LIC) que te habilita a conduzir no México.

Xochimilco no México

Vamos visitar o México?

Concluindo, esperamos ter esclarecido todas as tuas dúvidas sobre os documentos e requisitos  para viajar ao México em 2021. Como pudeste ver, no México não são tão rígidos como noutros países, mesmo em tempos tão difíceis como os que estamos a enfrentar devido à Covid-19. Mesmo assim, se tiveres alguma dúvida, podes deixar um comentário abaixo e teremos todo o gosto em responder às tuas perguntas sobre os documentos e requisitos para viajar para o México.

Para completar a tua viagem sem problemas, contrata agora a tua apólice IATI Mochileiro. Este é o melhor seguro para viajar para o México porque graças a ele estarás protegido com até 500.000 euros de despesas médicas, incluindo as que possam surgir devido à Covid-19 na tua viagem. Para além disso, cobre outras despesas eventuais como repatriação ou perda ou roubo da tua bagagem. Viaja em segurança e com tranquilidade.

viagem mexico