Hoje damos-te a conhecer projetos que trabalham diariamente para manter o equilíbrio entre viajantes exploradores e a natureza, onde nos mostram que é possível associar as viagens a um impacto positivo. Como não poderia deixar de faltar, se estás a pensar entrar numa nova aventura, o seguro de viagens deve ser uma das principais tarefas a pensar, e na nossa página podes encontrar o que se adapta melhor ao que precisas.

Já várias vezes falamos na importância de viajar de forma responsável para evitar que o impacto que deixamos nos lugares seja negativo e que as comunidades, economia e espaços não sejam prejudicados . Só assim será possível continuar a visitar destinos incríveis e conhecer realmente novas culturas sem que o turismo em massa destrua aquela ilha que tanto queríamos conhecer ou a tal montanha que gostaríamos de escalar.

5 alojamentos ecológicos na Europa

leziria alentejana

BBCamping, Portugal

Comecemos pelo nosso Portugal e por um cantinho lindamente preservado na paisagem natural em Vimieiro. Um parque de campismo muito pouco convencional que rentabiliza os recursos da natureza, como a luz solar e a água da chuva, em harmonia com a vida selvagem e as atividades disponíveis do parque.

Para os mais aventureiros que viajam de mochila e tenda às costas, este pode ser o parque mais intocado do Alentejo, para os que viajam de forma mais leve, têm ao seu dispor tendas, caravanas e uma casa no local. Aproveitando a forte produção de cortiça da região, os edifícios da recepção e a casa disponível para os hóspedes são revestidos desse mesmo material e o pequeno almoço tem delícias como pão de bolota feito no parque e outras tantas iguarias produzidas pelos agricultores vizinhos.

A piscina natural vai permitir fugir ao calor e o pôr do sol, garantimos, vai ser das coisas mais bonitas que vais ver este verão. Os carros são permitidos apenas para cargas e descargas para que a paisagem e sensação de paz absoluta não seja condicionada.

igreja na zona italiana do tirol com os dolomitas ao fundo

Leitlhof, Itália

Se estás à procura de um retiro nas montanhas, onde possas tratar do corpo e da mente e ainda experimentar alguns desportos de natureza, este cantinho de céu nos Alpes vai ser a tua perdição. Apesar de ter crescido e aumentado as instalações nos últimos anos, os seus valores mantêm-se os mesmos de sempre: preservar o ambiente e o espaço que envolve o Leithof, a sua equipa defende um equilíbrio sustentável na gestão dos recursos do hotel.

O objetivo é permitir às pessoas que o visitam usufruir de um momento de lazer e relaxamento em harmonia com a natureza dos Alpes ao mesmo tempo que preservam o ambiente. Possuem uma estação de eletricidade alimentada pela floresta e todo o hotel é sustentado por essa estação aliada à utilizam de energia termal.

Utilizam madeira local para os móveis e produtos regionais na sua cozinha e fazem questão de trabalhar com fornecedores locais para evitar longas distâncias no transporte. Se ainda não estás convencido, as ervas e aromas utilizados na cozinha vêm direitinhos da horta biológica do hotel. Arrancamos?

iglos whitepod na suiça no meio da neve

WhitePod, Suíça

Se sempre sonhaste em passar um noite num cenário ao estilo de um filme de Missão Impossível ou James Bond, este cenário na neve é para ti. O objetivo é provar que hotelaria e conservação do ambiente são dois conceitos que podem coexistir.

O uso da eletricidade e água é controlado, os ingredientes utilizados são provenientes de produtores locais, a equipa vive nas redondezas e caminha para o trabalho e o uso de veículos motorizados é reduzido ao máximo. Dormir num pod (tenda iglô) de luxo com vista para o infinito e o céu estrelado é o sonho de muitos e saber que, enquanto de férias, contribuímos para o desenvolvimento da economia local, melhor!

Para além disso, utilizam produtos de limpeza 100% biodegradáveis, apenas consomem produtos de época e tentam sempre sensibilizar os hóspedes  para a importância da fauna e flora que rodeiam o espaço.

vistas panoramicas da zona montanhosa de creta

Milia Mountain Retreat, Grécia

Já te falamos de parques de campismo no meio da natureza, spas no Alpes e até iglôs na neve, mas se o que gostas mesmo é de uma casinha simples e cómoda na aldeia, tens de ir à Grécia, mais concretamente a Creta.

Não, não é certamente nessa zona de Creta que estás a pensar, mas na parte montanhosa e ambientalmente sensível zona de Milia. Este projeto nasceu para recuperar conscientemente o terreno destruído e esquecido da zona, mantendo sempre o ciclo tradicional de vida de forma a servir humanos e natureza.

Milia significa “de volta às origens” e a estadia por cá vai ser, mais que tudo, um encontro genuíno com a natureza e com a essência da vida. Tudo isto com direito a provares dos melhores produtos locais, cultivados biologicamente nos terrenos,

panoramica da praia papagaio em lanzarote

Finca de Arrieta, Espanha

Se procuras algo mais perto da praia, mas queres fugir dos pacotes de férias turísticas, temos a solução ideal na ilha de Lanzarote!

Construído com materiais adquiridos localmente, este espaço gerido por uma família funciona aproveitando a energia gerada pelo sol e vento. A quantidade de água utilizada é controlada e é pedido aos hóspedes que aproveitem a água fria que sai antes dos banhos para a rega das plantas.

A separação e redução do lixo é promovida entre todos e o desperdício de comida é reutilizado para alimentar as galinhas da quinta. Têm espaços dedicados às crianças e o ambiente não podia ser melhor.

 

Inspirado? Agora só precisas comprar os voos, contratar o seguro e arrancar!

 

Autora: Janete Silva, Flearound

Conteúdo Relacionado