É seguro viajar para o Peru? Hoje, no blog da IATI, o especialista em seguros de viagem internacionais, tentaremos responder a esta pergunta.

Este país sul-americano é um dos mais visitados pelos viajantes internacionais que querem conhecer o país onde está situado Machu Picchu. No entanto, talvez estejas preocupado com o problema de segurança. Na IATI, somos conscientes de que esta questão é muito importante na altura de considerar qual será a tua próxima viagem, por isso queremos dar-te todas as informações para que possas conhecer todos os fatores e poderes avaliar se é seguro ou não viajar para o Peru.

O que diz o Ministério dos Negócios Estrangeiros de Portugal?

cultura peruana

O Ministério dos Negócios Estrangeiros de Portugal indica, na sua página sobre o Peru, o seguinte: ” Recomenda-se que deslocações longas pelo interior do país sejam feitas via aérea e não em autocarro ou automóvel“, para além de desaconselhar as viagens à zona sul do país devido ao elevado risco sísmico. Na seção correspondente à “segurança” indica que são áreas de risco (e, consequentemente, devem ser evitadas) os vales dos rios Apurimaque, Ene e Mantaro (VRAEM). Esta é uma área afetada pelo tráfico de drogas, mas está fora de qualquer um dos circuitos turísticos normais do país. Também não é aconselhável ir para a área de Vilcabamba (departamento de Cuzco), para as cidades de Yanama, Maizal, Abra de Choquetacarpo e áreas próximas, dada a presença de elementos da organização terrorista Sendero Luminoso.

O ministério diz que os centros históricos de Lima, Cuzco, Arequipa, Trujillo e Chiclayo e as áreas mais movimentadas do país, como mercados ou estações, fazem parte das zonas de risco médio. Explicam que, nestes casos, também devem ser tomadas algumas precauções, já que os roubos e os furtos são bastante comuns.

Quando se fala se é seguro viajar pelo Peru, também se fala de alguns perigos que podem ocorrer no país, como inundações ou deslizamentos de terra devido ao fenómeno El Niño Costero, problemas com embarcações na região amazónica ou acidentes em desportos de alto risco. Não podemos também esquecer que no Peru há dengue, febre amarela e malária, especialmente nas áreas mais húmidas. Em relação à saúde, o Ministério diz: ” Em Lima existem boas clínicas e hospitais privados. O sistema público de saúde apresenta carências. É, pois, aconselhável a subscrição de uma apólice de seguro de viagem e de saúde com cobertura neste país.”

machu pIchu no peru

Mas então é seguro viajar para o Peru?

Mais de 3,5 milhões de viajantes visitam o Peru todos os anos. Quase todos saem do país com boas impressões, porque tem uma natureza fascinante que inclui grandes montanhas, selva e deserto, uma culinária no TOP mundial e uma cultura única. São raras as vezes em que, se se atua com cabeça e se segue as precauções básicas, ocorrem crimes contra turistas.

Acreditamos que é seguro viajar para o Peru, porque os lugares mais visitados do Peru não costumam acontecer crimes mais graves do que roubos ou furtos. Nestas áreas, há uma grande vigilância policial, visto que o governo está ciente da importância do turismo para sua economia.

Por outro lado, em termos de saúde, é aconselhável viajar bem informado por um médico sobre os perigos que podem ocorrer. Além disso, é muito comum que, se as viagens forem feitas em modo rápido, os sintomas de “mal de altura” ou soroche apareçam após uma mudança repentina de altitude. Nestes casos, deves ser sensato, recorrer aos medicamentos corretos e, se persistir, ir ao médico. Para isso, não há nada como ter um bom seguro médico que cubra qualquer problema.

Sem mais demoras, reunimos alguns conselhos para que possas avaliar todos os fatores ao falar sobre segurança no Peru e ter uma viagem sem problemas.

cuzco no peru

Algumas dicas para viajar pelo Peru com segurança:

  • Vai protegido por um bom seguro de viagem, como o da IATI Seguros.
  • discreto. Não mostres dispositivos eletrónicos ou câmaras caras o tempo todo. Veste-te com roupas normais, que não aparentem que levas muito dinheiro contigo.
  • Não leves muito dinheiro contigo e tenta distribuí-lo entre vários lugares. Deixa a documentação no hotel e leva uma fotocópia.
  • Pede indicações aos nativos quando quiseres sair. Na receção do hotel, por exemplo, eles podem informar-te sobre quais são as áreas perigosas.
  • No caso de teres um problema na tua viagem ao Peru, informa as autoridades competentes e guarda os documentos para futuras reclamações. Recomendamos também que notifiques o Consulado ou a Embaixada de Portugal. Na página do Ministério, encontrarás os números de telefone.
  • Usa repelentes de insetos e tente usar camisolas de manga comprida e calças compridas ao amanhecer e ao anoitecer, especialmente em zonas de selva.
  • Antes de viajar para o Peru, visita um médico que te ensine e te ajude a saber como prevenir e mitigar o “mal de altura”. Uma vez no país, faz os passeios com calma e bebe muita água.
  • É provável que no Peru apanhes bastantes autocarros. Viajar pelo Peru de autocarro é seguro, existem empresas de alto nível com medidas de segurança únicas (procura mais informação sobre a empresa Cruz del Sur), mas recomendamos que não leves objetos de valor na bagagem que vais colocar no porão. O melhor é levar tudo na bagagem de mão e manter as coisas ao alcance da vista.
  • Viajar para o Peru é seguro, mas tem cuidado ao pagar com cartão de crédito e tenta sempre estar presente. Às vezes há casos de clonagem de cartões.
  • Mesmo nas áreas mais turísticas, evita locais solitários e tenta sair em grupo.
  • Usa táxis oficiais ou aplicações como o Uber, que funcionam perfeitamente no país.
  • Se decidiste alugar um carro, tem muito cuidado ao conduzir. Embora o estado das estradas tenha melhorado muito, se houve chuva, há um alto risco de acidentes, especialmente à noite. Por precaução, verifica sempre o site do Serviço Nacional de Meteorologia e Hidrologia antes de fazer uma viagem longa.
  • Se fores vítima de um assalto, não ofereças resistência.
  • Evita beber água da torneira.
  • Se costumas fazer caminhadas, escalada ou atividades na montanha, para além de recomendarmos que contrates uma apólice de seguro adequada, não cometas o erro de partir à aventura sozinho. É aconselhável levares um guia contigo.
  • Acima de tudo, é seguro viajar para o Peru, mas não deixes de usar o bom senso. Segue as precauções que seguirias em qualquer outra viagem e aproveita a tua viagem com a cabeça.

cidade de lima no peruCom vontade de comprovar pelos teus próprios olhos se é seguro viajar para o Peru? Temos a certeza de que te vais apaixonar por este país da América do Sul, mas lembra-te de que uma das chaves para uma viagem bem-sucedida é viajar com a segurança com uma boa apólice de viagens. Compra já o teu seguro de viagem para o Peru e viaja sem preocupações.

 

Artigo traduzido por Susana Almeida

Conteúdo Relacionado