A ilha da Madeira foi eleita, pelo sétimo ano consecutivo, como “Melhor destino insular da Europa” nos World Travel Awards, os mais conceituados prémios do turismo mundial. Superando, mais uma vez, destinos como as Ilhas Canárias, Baleares, Malta, Sicília ou Açores.

A verdade é que a ilha conhecida como o “Havai da Europa” é um destino incrível que apaixona todos os que a visitam. Por este motivo, a IATI Seguros preparou um guia do que ver e fazer na Madeira, de maneira a garantir que não perdes nenhum dos seus principais tesouros.

Continua a ler, enquanto te levamos numa viagem épica à Madeira. Uma ilha cheia de natureza, falésias, praias e locais encantadores que não vais querer perder.

Viajar para a Madeira em tempos de COVID-19

Depois de meses com poucas possibilidades de circular, podemos finalmente viajar novamente. Agora, cada escapadinha é uma grande viagem.

Por este motivo, criámos o IATI Escapadinhas, um seguro de viagem com cobertura para coronavírus. A partir de apenas 0,53 € por dia, também cobre actividades como o cicloturismo, viagens em autocaravana ou viagens com animal de estimação.

Não esperes mais e faz já o teu IATI Escapadinhas, o aliado ideal para desfrutares de uma nova viagem por Portugal e pela Europa.

O que ver na Madeira:

Funchal

Uma viagem à Madeira começa geralmente na capital da ilha, Funchal. Vivem aqui cerca de 110.000 pessoas, quase metade dos 260.000 que habitam em toda a ilha. Isto significa que o Funchal é o local mais animado para conhecer na Madeira, com um grande número de atividades interessantes para o viajante que gosta de passar uns dias a perder-se nas ruas íngremes, em busca de tudo o que a cidade tem para oferecer.

Poderíamos fazer um artigo exclusivamente dedicado ao Funchal, com tudo o que podes fazer por lá. No entanto, decidimos resumir alguns locais essenciais:

  • Teleférico do Funchal: Uma excelente forma de começar a conhecer a Madeira é apanhar o Teleférico do Monte para subir mais de 500 metros até à parte alta da cidade. Lá, para além das incríveis vistas panorâmicas da cidade com o Oceano Atlântico como pano de fundo, esperam por ti locais obrigatórios para ver no Funchal, como a Igreja de Nossa Senhora do Monte onde repousam os restos mortais do Imperador Carlos I da Áustria.

Vista Teleférico do Funchal

  • Jardim Botânico da Madeira: A Madeira é também conhecida como a “Ilha das Flores” pela enorme variedade de flores que o clima único da ilha oferece. O Jardim Botânico da Madeira, no Funchal, é o sítio ideal para disfrutar desta biodiversidade. Situado num enclave único com o imponente palacete da Quinta do Bom Sucesso e a sua espectacular varanda sobre o mar.
  • Forte de Santiago: Construído no século XVII virado para o mar, serviu para proteger a Madeira dos diversos ataques de piratas.
  • Rua de Santa Maria: Apesar de recomendarmos que te percas num passeio pela parte antiga da cidade, não podes perder a sua rua mais famosa, a Rua de Santa Maria. Para além de variadas lojas, podes observar a arte de rua que pinta muitas das suas portas. Algo a não perder na Madeira!
  • Mercado dos Lavradores: Este é o principal mercado da Madeira e vale bem a pena visitar durante uma estadia no Funchal. Graças ao clima da ilha, encontrarás um mosaico colorido composto pela grande variedade de frutas disponíveis.

Madeira Mercado dos Lavradores

Santana

Santana é a segunda maior cidade do arquipélago e, claramente, deve estar na tua lista de sítios para ver na Madeira. O grande atrativo desta localidade, que atrai milhares de viajantes, são as suas casas tradicionais. As Casas típicas de Santana são conhecidas pela sua forma triangular e padrão, em que o telhado é feito de palha seca e flores rodeiam as janelas das fachadas coloridas. Embora ainda habitadas, algumas estão abertas ao público como casa-museu e é possível visitá-las.

Depois de conheceres ao pormenor estas casas de arquitetura tradicional, dirije-te ao Parque Temático de Santana. Lá, poderás conhecer, a partir de divertidas atrações, a evolução, história e segredos desta zona da Madeira. Não percas!

Seja a caminho de Santana ou a sair lá, não podes deixar de parar nos diversos miradouros das suas imensas falésias, uma paisagem brutal!

Casas típicas de Santana Madeira

Porto Moniz

Seguimos o percurso dos locais a visitar na Madeira com mais um ponto pitoresco. A pequena cidade de Porto Moniz, situada no noroeste da ilha, tem pouco mais de 3.000 habitantes, mas as suas ruas estão repletas de viajantes que querem aproveitar ao máximo a Madeira.

A principal atração de Porto Moniz são as famosas Piscinas Naturais do Porto Moniz. Estão totalmente equipadas, com diferentes zonas onde te podes esticar ao sol, tanto no chão como em espreguiçadeiras. Tens ainda acessos em forma de escadas que facilitam o banho nestas incríveis águas turquesa sem teres de te preocupar com as ondas do mar. Este acesso está aberto das 9 da manhã às 5/7 (inverno ou verão) da tarde e o preço de entrada é simbólico (1,50€), o que permite também o acesso aos balneários e ao bar.

Sendo um local tão único, costuma ser frequentado por turistas que visitam a ilha mas, mesmo assim, é um local obrigatório a visitar na Madeira. Se procuras uma alternativa com menos gente, podes visitar as Piscinas Naturais Velhas. Ficam muito perto e apesar de contarem com menos infraestruturas são também um local espectacular.

Não se pode sair do Porto Moniz sem antes desfrutar das vistas panorâmicas do alto do Miradouro de Santinha, vale muito a pena!

Piscinas Naturais de Porto Moniz

Vilas para visitar na Madeira

Para além do Funchal e outras cidades que merecem uma visita, existem várias vilas que não podem faltar num guia pelos locais a visitar na Madeira. Anota os locais seguintes e inclui-os no teu itinerário:

  • Câmara de Lobos: Esta pequena vila piscatória foi o primeiro povoado da ilha, em 1430. Por isso, poderás visitar alguns dos locais históricos mais antigos da Madeira. A Capela dos Pescadores ou o Convento de São Bernadino são dois exemplos. Passeia junto ao mar e aproveita para visitar o Cabo Girão, a segunda falésia mais alta do mundo, que oferece uma vista de tirar o fôlego.
  • Machico: Edifícios históricos com mais de 450 anos esperam por ti. Sem esquecer as praias onde poderás desfrutar de um banho relaxante e opções de trilhos que não podes perder.
  • Caniçal: A terceira vila que sugerimos ver na Madeira chama-se Caniçal. Localizada na zona vulcânica da ilha, foi um ponto importante da indústria baleeira até que a caça e o comércio destes animais foram proibidos em 1981. No Museu da Baleia poderás ficar a conhecer a sua história, mas existe ainda outro motivo para visitar o Caniçal, pois podes fazer um percurso até ao Miradouro da Ponta do Rosto.

Madeira ilha vulcânica paisagem

Porto Santo

Se escolheste uma ilha como destino de viagem, é bem possível que tenhas planeado deitar-te na praia para desfrutar do sol, do mar…. da areia? Se tens esse plano essencial, temos boas e más notícias. A má notícia é que a Madeira não é uma ilha que se destaque pelo seu areal, devido à origem vulcânica e à sua orografia. A boa notícia é que podes fazer praia na Madeira e, também, conhecer uma nova ilha.

A ilha vizinha de Porto Santo é a outra ilha habitada do arquipélago, onde encontrarás mais de 9 quilómetros de areia branca para que possas fazer praia à vontade.

Em Porto Santo, não deixes de visitar a Vila Baleira com as suas casas caiadas de branco, o percurso pedestre ao Pico do Castelo ou os diferentes miradouros que te vão dar uma vista ampla da ilha.

Uma vez que a viagem da Madeira a Porto Santo demora duas horas de ferry, recomendamos que passes pelo menos uma noite neste local para aproveitar ao máximo a sua visita.

Praia de Porto Santo

Caminhadas na Madeira

Não podemos fechar esta lista de coisas para fazer na Madeira sem falar de uma das principais atividades da ilha, o trekking. Se és um amante de caminhadas, terás todos os tipos de percursos ao teu alcance.

O clima único da ilha resulta em impressionantes bosques húmidos repletos de fetos, como os percursos pela Levada do Caldeirão Verde ou pela Levada das 25 Fontes, onde em muitos troços a exuberante vegetação impedirá o sol e pode ser necessário usar roupas quentes mesmo em dias de calor.

Por outro lado, também podes explorar paisagens vulcânicas em que o clima será árido e o protetor solar se tornará um aliado essencial.

Qual é que preferes?

Percursos de trekking na Madeira

Aproveita a tua viagem à Madeira sem preocupações, com um bom seguro de viagem.

 

Artigo traduzido por Filipe Balseiro

Conteúdo Relacionado