Uma das questões muitas vezes colocadas por viajantes em fóruns de viagem online tem a ver com as finanças em viagem, com como gerir o dinheiro fora de Portugal. Perguntas como “quanto dinheiro levar”, “onde trocar”, “como evitar as elevadas taxas de levantamento nos multibancos” são muito comuns. Este é sempre um assunto importante no planeamento de uma viagem, que pode vir a dar algumas dores de cabeça sem o conhecimento necessário. Aqui na IATI Seguros, lider na contratação de seguros de viagem online, queremos dar-te não só dicas úteis sobre destinos, mas também a informação prática que precisas para gerir da melhor forma a tua viagem!

pote de poupanças para viajar

Como gerir dinheiro durante uma viagem

Descobre neste artigo como gerires o teu dinheiro em viagem, para não teres surpresas desagradáveis no que diz respeito às tuas finanças.

1. Levar dinheiro ou levantar em multibancos no destino

É importante teres em atenção que ao levantares dinheiro em multibancos no estrangeiro, especialmente fora da União Europeia, existe a obrigatoriedade de pagamento de taxas, quer por parte do teu banco em casa, quer por parte do banco local a que pertence o multibanco em questão. Estas taxas poderão atingir valores bastante elevados. De forma a evitares ao máximo o número de levantamentos a fazer, e a gerires da melhor forma o teu dinheiro em viagem, sugerimos que leves uma quantia razoável de euros contigo, que a dividas pela tua bagagem e em ti, e que a troques no país de destino. E tenta, se possível, levar contigo 2 tipos de cartão: um VISA e um Mastercard. Se um não funcionar num determinado local por alguma razão, o outro poderá ajudar.

2. Onde trocar dinheiro

Outra das perguntas mais frequentes tem a ver com o timing de troca da moeda: antes da partida ou no destino. A resposta será: no destino, porque as taxas de câmbio costumam ser melhores no local onde existe a moeda que procuras em maior abundância.

Normalmente terás várias alternativas de locais para trocar dinheiro pela moeda local no destino. Poderás trocar logo no aeroporto à chegada, em casas de câmbio oficiais, em bancos ou em hotéis. De forma a conseguires as melhores taxas, sugerimos que o faças nas casas de câmbio oficiais ou bancos. Se tiveres mesmo de trocar dinheiro à chegada no aeroporto para pelo menos poderes apanhar um transporte para o teu alojamento, sugerimos que troques a menor quantidade possível, já que as taxas costumam ser mais elevadas aqui do que o normal.

Outra sugestão é para usares sempre a moeda local durante as tuas viagens. Ao usares dólares num país cuja moeda oficial é outra, acabarás por pagar mais do que o suposto, devido às elevadas taxas de câmbio aplicadas no momento.

mapa, passaporte e varias notas

3. Cartões internacionais pré-pagos

Como referido no primeiro ponto, levantar dinheiro em viagem através de multibancos poderá implicar taxas de levantamento bastante elevadas. Hoje em dia existem uma série de opções a nível de cartões internacionais pré-pagos, que te oferecem uma alternativa mais económica ao uso do teu habitual cartão bancário no estrangeiro. Falamos de cartões que podem ser carregados previamente online a qualquer altura, para depois serem usados em viagem com taxas mais reduzidas que os cartões habituais.

4. Apps de gestão de finanças

A melhor forma de não apanhares um grande susto ao olhares para o extrato bancário no regresso a casa, passa por controlares o teu orçamento do início ao fim. Existem hoje em dia uma série de apps para iOS e Android. que te poderão ser bastante úteis nesta tarefa. Permitem-te registar todas as despesas feitas diariamente e dão-te gráficos através dos quais poderás perceber onde estás a gastar a maior parte do teu dinheiro.

notas de varios paises e globo terrestre

5. Dicas de Segurança

  • Se possível informa o teu banco que estarás ausente do país. Pode acontecer o teu banco achar estranho determinada transação estar a ser feita com o seu cartão no estrangeiro, bloqueando-te a conta por razões de segurança.
  • Espalha sempre o teu dinheiro e cartões bancários por vários locais para não correres o risco de o perderes ou de o roubarem na totalidade.
  • Evita andar com muito dinheiro contigo ao deslocares-te na rua e tem cuidado ao fazer pagamentos em locais públicos

 

Autora: Maria João, Joland

Conteúdo Relacionado