Quais os documentos e requisitos para viajar em Portugal Continental, Açores e Madeira? Na IATI queremos que viajes informado, e, por isso, vamos-te contar tudo o que precisas de saber.

Estamos a atravessar um fase complicada no mundo devido à pandemia causada pela covid-19. Esta pandemia afetou o turismo no mundo e, como tal, afetou Portugal também. Se os teus planos para as férias passam por aproveitar o nosso país e ajudá-lo, queremos que estejas informado sobre aquilo que precisas para ires à descoberta do que o nosso país tem para oferecer.

Na IATI, o nosso objetivo é que as viagens sejam realizadas sempre em segurança, mesmo no nosso país, a contratação de um seguro é fundamental para uma viagem livre de complicações, e já vais entender porquê.

Vem daí!

bairro tradicional lisboa

Documentos e requisitos para viajar em Portugal Continental

Atualmente,para visitares Portugal Continental necessitas de alguns requisitos, e neste artigo da IATI vamos enumerar aquilo que necessitas de saber para uma viagem mais informada.

O governo português dividiu os concelhos de Portugal em 3 categorias, concelhos em risco muito elevado, risco elevado e concelhos com regras gerais. As medidas implementadas variam de acordo com esta categorizarão. Se planeias visitar um concelho que esteja em risco elevado ou muito elevado, há certos documentos e requisitos que precisas de ter em atenção.

Então quais as medidas para os concelhos de risco elevado?

  • Limitação da circulação na via pública a partir das 23h00;
  • Restaurantes podem funcionar até às 22h30. Às sextas-feiras a partir das 19h00 e aos sábados, domingos e feriados durante todo o dia, o acesso a restaurantes para serviço de refeições no interior está permitido apenas aos portadores de certificado digital ou teste negativo. A limitação do número do número de pessoas por mesa mantém-se: máximo de 6 pessoas por mesa no interior e de 10 pessoas por mesa na esplanada;
  • Para frequentares a esplanada, não necessitas de teste negativo ou certificado digital de vacinação.
  • É obrigatório seres portador do certificado digital ou teste negativo para o acesso a estabelecimentos turísticos e de alojamento local;
  • Espetáculos culturais permitidos até às 22h30;
  • Comércio a retalho alimentar, não alimentar e prestação de serviços até às 21h00;

Estas informações são referentes ao dia 22 de Julho de 2021. Entretanto, na altura em que estiveres a ler este artigo, as medidas podem ter sido alteradas por necessidades encontradas pelo governo. Procura sempre consultar as fontes oficiais para informação mais atualizada. 

Consulta aqui, a lista de concelhos que estão neste momento em risco elevado. 

E para os concelhos de risco muito elevado?

  • Limitação da circulação na via pública a partir das 23h00;
  • Restaurantes podem funcionar até às 22h30. Às sextas-feiras a partir das 19h00 e aos sábados, domingos e feriados durante todo o dia, o acesso a restaurantes para serviço de refeições no interior está permitido apenas aos portadores de certificado digital ou teste negativo. A limitação do número do número de pessoas por mesa mantém-se: máximo de 4 pessoas por mesa no interior e de 6 pessoas por mesa na esplanada;
  • Para frequentares a esplanada, não necessitas de teste negativo ou certificado digital de vacinação.
  • É obrigatório seres portador do certificado digital ou teste negativo para o acesso a estabelecimentos turísticos e de alojamento local;
  • Espetáculos culturais até às 22h30;
  • Comércio a retalho alimentar até às 21h00 durante a semana e até às 19h00 ao fim de semana e feriados;
  • Comércio a retalho não alimentar e prestação de serviços até às 21h00 durante a semana e até às 15h30 ao fim de semana e feriados;

Consulta aqui, a lista de concelhos que estão, neste momento, em risco muito elevado. 

Que documentos e requisitos preciso para viajar para os Açores?

Para os residentes do continente ou da Madeira, uma viagem para os Açores requer documentos e requisitos específicos.

Se vais visitar os Açores, precisas de preencher (obrigatório) o questionário da Autoridade de Saúde Regional, nas 72 horas antes da tua partida. Após o preenchimento do questionário, é-te entregue um código que deverás utilizar para identificação junto da Autoridade de Saúde no desembarque.

Para além deste questionário, precisas de uma destas opções:

  • O certificado digital COVID de vacinação da UE válido, isto é, 14 dias após a data da vacinação completa, já emitido pelas autoridades de saúde;
  • Certificado Digital de Recuperação, no entanto o mesmo, apenas tem uma validade de 180 dias após a recuperação;
  • Certificado Digital Covid 19 de teste, para a sua emissão deves, nas 72 horas antes da tua viagem, realizar o teste de despiste numa rede de laboratórios convencionados do Governo Regional dos Açores, por todo o território nacional. Todos os testes realizados no âmbito de deslocações para os Açores num dos laboratórios convencionados são pagos pelo Governo Regional dos Açores.

Para saberes mais informações, consulta a página oficial do Governo dos Açores.

Importante: se a tua estadia em qualquer ilha do arquipélago se prolongar por sete ou mais dias, deves, no 6.º dia, a contar da data de realização do primeiro teste de despiste ao SARS-CoV-2, contactar a autoridade de saúde do concelho em que resides ou estás alojado, tendo em vista a realização de novo teste de despiste ao SARS-CoV-2, promovido pela autoridade de saúde local.

A máscara, o distanciamento social e a etiqueta respiratória devem ser respeitados por todos.

vista de drone da lagoa no topo da caldeira das sete cidades

Documentos e requisitos para viajar para a Madeira, o que é necessário?

Assim como nos Açores, para entrares na Madeira ou Porto Santo, deves preencher o inquérito epidemiológico.

Pala além do preenchimento do questionário, precisas de ser portador de um teste de rastreio à covid-19 negativo. Mantém-se a obrigatoriedade de apresentar um teste PCR à chegada. O Governo da Madeira financia os testes, tendo uma rede de laboratórios disponíveis  pelo país, para que escolhas o mais conveniente para ti. Consulta aqui quais os consultórios com protocolo ativo.

Se já fores portador do certificado de vacinação (documento que comprova a vacinação completa) e/ou comprovativo de recuperado COVID-19 até 180 dias, passas a ser elegível de entrada direta na Região Autónoma da Madeira, sem necessidade de testagem.

Por último mas não menos importante, deves respeitar todas as orientações transmitidas pela Autoridade Regional de Saúde. Se queres saber se é seguro viajar para a Madeira, mesmo com o covid-19, consulta aqui o nosso artigo.

rooftop madeira por do sol

É necessário contratar um seguro de viagem?

Agora que já sabes todos os documentos e requisitos para viajar em Portugal Continental, Açores e Madeira, falta um requisito super importante, um seguro de viagem. Um seguro que te permita estares totalmente tranquilo, seja a escalar uma montanha ou a relaxar na praia. Um seguro que cubra todas as possibilidades quer seja em Portugal Continental, na Madeira ou nos Açores, e que te possa auxiliar, nomeadamente, em viagens em família, viagens de aventura, viagens em caravana e/ou viagens com animais.

Imprevistos podem sempre acontecer e não queremos que os mesmos estraguem a tua escapadinha. Então, porque não prevenir? Na IATI estamos sempre disponíveis para ti, para tratar das coisas mais chatas que ninguém quer tratar nas suas férias.

O melhor de contratar um seguro de viagem com a IATI é que podes cancelar a tua viagem em caso de teste positivo à covid-19 (do próprio segurado, pais ou filhos). A opção de cancelamento é opcional e deve ser incluída na compra do teu seguro no prazo de 7 dias a partir da data de reserva da viagem.

documentos e requisitos para viajar portugal continental, açores e madeira

 

Qual o seguro mais adequado então para a minha viagem por Portugal?

Na IATI criamos um seguro indicado para viagens e roadtrips em Portugal, o IATI Escapadinhas.

Um seguro 100% pensado para as circunstâncias atuais e muito económico.

Inclui coberturas específicas para:

  • Roadtrips, campismo e autocaravanas;
  • Desportos de aventura básicos + cicloturismo;
  • Cobertura para animais de estimação;
  • Teleassistência;
  • Repatriação;
  • Bagagem;
  • Responsabilidade civil;
  • Cobertura covid-19;
  • Assistência médica até 50.000€.

O melhor deste seguro é que podes estar descansado pelo preço que equivale a menos de um café por dia. A partir de 0,47€ por dia. 

De que estás a espera para contratares o melhor seguro de viagem?

viajar em portugal este verão